Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 07 de outubro de 2019.
Dia do Compositor.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

Artes Cênicas

Edição impressa de 07/10/2019. Alterada em 07/10 às 03h00min

Apresentações na Terreira da Tribo utilizam a pele como elemento artístico

Tatá - Núcleo de Dança-Teatro, de Pelotas, estará hoje e amanhã na Capital

Tatá - Núcleo de Dança-Teatro, de Pelotas, estará hoje e amanhã na Capital


FIO DA NAVALHA/DIVULGAÇÃO/JC
Hoje e amanhã, o Tatá - Núcleo de Dança-Teatro, de Pelotas, estará em Porto Alegre apresentando o espetáculo Quando você me toca. As apresentações acontecem às 20h, na Terreira da Tribo (Santos Dumont, 1.186), com entrada franca e distribuição de senhas a partir das 19h.
Hoje e amanhã, o Tatá - Núcleo de Dança-Teatro, de Pelotas, estará em Porto Alegre apresentando o espetáculo Quando você me toca. As apresentações acontecem às 20h, na Terreira da Tribo (Santos Dumont, 1.186), com entrada franca e distribuição de senhas a partir das 19h.
Quando você me toca explora a superfície do corpo humano como elemento de criação artística. A partir do contato entre peles, surgem diferentes sensações e movimentos que atravessam o público, produzem imagens que dançam e materializam a natureza ambígua e ampla do toque.
As duas apresentações fazem parte da campanha Terreira da Tribo - eu apoio, que busca recurso para manutenção do espaço ocupado pelo grupo. A programação inclui teatro, dança, performance, cinema e música, sempre com entrada franca. Mais informações sobre a campanha podem ser obtidas em www.benfeitoria.com/terreiradatribo.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia