Porto Alegre, domingo, 26 de julho de 2020.
Dia dos Avós.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 26 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

literatura

- Publicada em 03h23min, 09/09/2019. Atualizada em 03h00min, 09/09/2019.

Clarice Lispector é tema do Clube de Leitura do Instituto Ling

A cidade sitiada, livro da autora, irá nortear o encontro na noite de hoje

A cidade sitiada, livro da autora, irá nortear o encontro na noite de hoje


CLAUDIA ANDUJAR/DIVULGAÇÃO/JC
Reconhecida no Brasil e no exterior como uma das maiores escritoras do século passado, Clarice Lispector será o tema do encontro de setembro do Clube de Leitura, que acontece no Instituto Ling (João Caetano, 440) hoje, às 19h30min. Nesta edição, a professora Kathrin Rosenfield, da Ufrgs, fala sobre A cidade sitiada (1948), descrito pela autora como seu livro mais difícil de escrever. Os ingressos custam R$ 40,00, à venda no site e na bilheteria do espaço cultural.
Reconhecida no Brasil e no exterior como uma das maiores escritoras do século passado, Clarice Lispector será o tema do encontro de setembro do Clube de Leitura, que acontece no Instituto Ling (João Caetano, 440) hoje, às 19h30min. Nesta edição, a professora Kathrin Rosenfield, da Ufrgs, fala sobre A cidade sitiada (1948), descrito pela autora como seu livro mais difícil de escrever. Os ingressos custam R$ 40,00, à venda no site e na bilheteria do espaço cultural.
Mesmo tendo nascido na Ucrânia, Clarice Lispector sempre fez questão de descrever a si mesma como uma escritora brasileira. Ela mudou os rumos da narrativa moderna com uma escrita singular, passando por diversos gêneros, do conto ao romance, da crônica à dramaturgia, da entrevista à correspondência e, também, pelas páginas femininas. A leitura prévia de A cidade sitiada é recomendada, mas não obrigatória, já que o intuito da atividade é debater sobre a autora e as nuances da sua narrativa, em um encontro descontraído.
Comentários CORRIGIR TEXTO