Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 23 de agosto de 2019.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

festival de gramado

Edição impressa de 23/08/2019. Alterada em 23/08 às 08h29min

Gramado em contagem regressiva para a entrega dos Kikitos

Dos Fridas é inspirado na relação entre pintora mexicana e enfermeira costa-riquenha

Dos Fridas é inspirado na relação entre pintora mexicana e enfermeira costa-riquenha


MAURO HERCE/DIVULGAÇÃO/JC
Caroline da Silva, de Gramado
Apesar de já ter um favorito entre os concorrentes desta edição (Pacarrete, história sobre uma bailarina veterana em uma pequena cidade do interior do Ceará, com recorde de aplausos e equipe ovacionada no Palácio dos Festivais, na Serra gaúcha), segue a expectativa para a última noite de competição em Gramado. Nesta sexta-feira, na mostra nacional de longas, será exibido 30 anos blues, de Andradina Azevedo e Dida Azevedo.
Apesar de já ter um favorito entre os concorrentes desta edição (Pacarrete, história sobre uma bailarina veterana em uma pequena cidade do interior do Ceará, com recorde de aplausos e equipe ovacionada no Palácio dos Festivais, na Serra gaúcha), segue a expectativa para a última noite de competição em Gramado. Nesta sexta-feira, na mostra nacional de longas, será exibido 30 anos blues, de Andradina Azevedo e Dida Azevedo.
A produção paulista acompanha a história de dois casais que têm suas vidas transformadas após um reencontro de ex-colegas de faculdade. A chegada aos 30 anos afeta, em várias camadas, a vida desses personagens que chegam à idade adulta mas não querem deixar de ser crianças. Os dois cineastas estrearam em longa com A bruta flor do querer, premiado no Festival de Gramado em 2013 com melhor direção e fotografia.
Entre os estrangeiros e mais aguardados, o título da última sessão competitiva é Dos Fridas, da realizadora Ishtar Yasin - cineasta, escritora e atriz de origem iraquiana, costa-riquenha e chilena, mas formada em cinema na Rússia. O longa é inspirado na relação entre a pintora mexicana Frida Kahlo e sua enfermeira costa-riquenha Judith Ferreto, que foi sua cuidadora nos últimos anos de vida da artista, na Casa Azul.
A cerimônia de premiação ocorre na noite de sábado, no Palácio dos Festivais, com transmissão ao vivo do Canal Brasil. Serão conhecidos os vencedores entre os curtas e longas brasileiros, longas latinos e melhor longa gaúcho - premiados pelo júri, crítica e público.
Neste 47º Festival de Cinema de Gramado, haverá um prêmio inédito conferido pelo Centro Tecnológico Audiovisual do Rio Grande do Sul (Tecna) ao melhor longa nacional e melhor longa gaúcho, com o objetivo de estimular o mercado audiovisual brasileiro. A honraria oferece aos vencedores serviços e acesso à infraestrutura de última geração do empreendimento da Pucrs voltado à indústria criativa.
No segundo semestre de 2019, o Tecna inaugura novos ambientes. O centro vai agregar a sua infraestrutura um estúdio de mixagem de som para cinema com certificação internacional e um laboratório de animação, jogos e efeitos visuais. Também passará a contar com salas de finalização de imagem; mais dois estúdios de cinema e TV, com áreas de apoio como camarins, marcenaria, pintura e salas de produção.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia