Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 19 de agosto de 2019.
Dia Mundial da Fotografia.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

música

Edição impressa de 19/08/2019. Alterada em 19/08 às 03h00min

Fernando Corona faz homenagem a Heitor Villa-Lobos

Show, do projeto Chapéu acústico, ocorre amanhã na Biblioteca Pública do Estado

Show, do projeto Chapéu acústico, ocorre amanhã na Biblioteca Pública do Estado


MARCOS MONTEIRO/DIVULGAÇÃO/JC
A obra de Heitor Villa-Lobos (suas composições, pesquisa folclórica, influências e influenciados) é a atração de amanhã do projeto Chapéu acústico, na Biblioteca Pública (Riachuelo, 1.190), às 19h. Fernando Corona (piano e voz) será acompanhado pelo percussionista Bruno Coelho no show, que pede contribuição espontânea.
A obra de Heitor Villa-Lobos (suas composições, pesquisa folclórica, influências e influenciados) é a atração de amanhã do projeto Chapéu acústico, na Biblioteca Pública (Riachuelo, 1.190), às 19h. Fernando Corona (piano e voz) será acompanhado pelo percussionista Bruno Coelho no show, que pede contribuição espontânea.
Corona iniciou a carreira em 1982. Dois anos depois, partiu para a Espanha, onde desenvolveu um trabalho de jazz e flamenco. Retornou em 1987, participou de festivais no Estado, premiado como compositor. Arranjador e diretor musical do projeto Villa-Lobos in jazz, Corona tem excursionado por todo o País.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia