Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 05 de agosto de 2019.
Dia Nacional da Saúde/ Farmácia .

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

música

Edição impressa de 05/08/2019. Alterada em 05/08 às 03h00min

Tribo Brasil sacode o projeto Chapéu Acústico

Grupo une ritmos como baião, carimbó, frevo e samba rock

Grupo une ritmos como baião, carimbó, frevo e samba rock


FELIPE GAIESKI/DIVULGAÇÃO/JC
O primeiro Chapéu acústico de agosto acontece amanhã, na Biblioteca Pública do Estado (Riachuelo, 1.190), às 19h. A apresentação será da Tribo Brasil. A entrada é mediante contribuição espontânea.
O primeiro Chapéu acústico de agosto acontece amanhã, na Biblioteca Pública do Estado (Riachuelo, 1.190), às 19h. A apresentação será da Tribo Brasil. A entrada é mediante contribuição espontânea.
Sendo uma proposta de pesquisa e prática da música nacional, o grupo realiza uma junção de ritmos como baião, carimbó, choro, frevo, ijexá, samba, samba reggae e samba rock. Contando com uma trajetória de 16 anos, já tendo passado pelo Uruguai e diversas cidades do Sul do País, a Tribo Brasil lançou o EP Sorriso Banguela, em 2012, e o álbum Peixe que já não há, em 2014. A formatação atual da banda conta com Gabriel Maciel (violão e voz), Rafael Camarão (guitarra, percussão e voz), Alan Furtado no baixo, Stefania Colombo (flauta e voz), Gabriel Cabelo (percussão e voz) e Duda Cunha (bateria).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia