Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 10 de julho de 2019.
Dia da Pizza.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

cinema

09/07/2019 - 15h26min. Alterada em 10/07 às 08h32min

Festival de Gramado anuncia homenageados e filmes concorrentes da 47ª edição

Em cerimônia no Capitólio, presidente da Gramadotur pediu reflexão sobre a cultura no País

Em cerimônia no Capitólio, presidente da Gramadotur pediu reflexão sobre a cultura no País


MARCELO G. RIBEIRO/JC
Caroline da Silva
Com realização entre 16 e 24 de agosto na Serra, o lema deste ano do 47º Festival de Cinema de Gramado é “Crescer, evoluir, encantar”. Pelo que se soube na coletiva de imprensa de lançamento do evento, na manhã desta terça-feira (9), na Cinemateca Capitólio, em Porto Alegre, o que foi programado está no rumo certo para chegar a esse objetivo.
Com realização entre 16 e 24 de agosto na Serra, o lema deste ano do 47º Festival de Cinema de Gramado é “Crescer, evoluir, encantar”. Pelo que se soube na coletiva de imprensa de lançamento do evento, na manhã desta terça-feira (9), na Cinemateca Capitólio, em Porto Alegre, o que foi programado está no rumo certo para chegar a esse objetivo.
A organização do evento divulgou os sete longas nacionais, os sete títulos estrangeiros e os 20 curtas gaúchos em competição neste ano (veja a lista abaixo). Um fato curioso quando foram anunciados os diretores e suas produções: o porto-alegrense Emiliano Cunha consta na lista dos filmes brasileiros em longa-metragem, com Raia 4, e também na seleção da Mostra Gaúcha Assembleia Legislativa, com Endotermia. O curador Marcos Santuario comentou que, como gaúcho, ficou feliz com a coincidência, mas que as equipes de seleção de categorias diferentes não conversam entre si. “Já tinha assistido Raia 4 no festival em Cartagena, e já tínhamos desde aquele momento que o filme estivesse em Gramado.”
Em seu perfil nas redes sociais, Cunha comentou: "São dois filmes oriundos de políticas públicas para o audiovisual. Dois projetos que geraram empregos para muita gente, injetaram impostos na economia e promovem a cultura brasileira. Muito obrigado pelo profissionalismo de todos. Em tempos áridos e bárbaros, resistir é também entender e exaltar a importância disso tudo".
Os homenageados também causaram surpresa positiva. Por ser o nome que encabeçou a Retomada do Cinema Brasileiro, com o lançamento de Carlota Joaquina em 1995, a diretora e atriz Carla Camurati receberá o Troféu Eduardo Abelin, que premia realizadores com contribuição histórica à sétima arte do País.
O ator argentino Leonardo Sbaraglia (de Relatos selvagens) receberá o Kikito de Cristal. Ele contabiliza mais de 50 cinquenta filmes no currículo e atualmente pode ser visto em Dor e glória, de Pedro Almodóvar. Um intérprete brasileiro que já ganhou prêmio de atuação em Gramado será o grande agraciado com o Troféu Oscarito. Em vídeo exibido na Capitólio, Lázaro Ramos se disse emocionado e honrado, completando que o evento foi uma das primeiras referências que teve em termos de cinema nacional e que este é um momento necessário para se abordar o tema da produção.
Na ocasião, o prefeito da cidade serrana, João Alfredo Bertolucci, o Fedoca, comentou que para realizar um festival deste tamanho por 47 anos seguidos, é preciso mais que esforço, competência ou dedicação, mas uma verdadeira devoção. Assim, cumprimentou o trabalho feito pela Gramadotur, autarquia municipal responsável pelo evento, destacando que neste ano ocorreu, mais uma vez, recorde de número de filmes inscritos (1.100 no total).
Na sequência, Edson Néspolo, presidente da Gramadotur, começou sua fala com um desabafo sobre o momento atual da cultura no País, informando que participou de várias reuniões com presidentes de outros festivais de cinema brasileiros, que estão em uma agonizante situação: alguns sendo adiados, outros sem saber se vão ocorrer. “É tempo de fazer reflexões.”
Por outro lado, Néspolo compartilhou uma boa notícia: “Estamos próximos de fechar a meta de patrocínios deste ano, e talvez passemos em 5%. Continuamos com grandes marcas e estamos prestes a acertar com outras nesta semana para executar um grande festival”. A empresa Gol Linhas Aéreas é parceira do evento pela primeira vez. Gramado Parks, Stella Artois e Banrisul seguem como os maiores apoiadores.
Conforme o presidente, o orçamento total desta edição é em torno de R$ 4,2 milhões - dos quais R$ 3 milhões seriam obtidos via patrocínio. Cerca de R$ 2,5 milhões já foram acertados, e mais R$ 800 mil devem ser confirmados até o fim desta semana.
Em termos de financiamento, que se faz via Lei Estadual de Incentivo à Cultura (LIC/RS), Beatriz Araujo, secretária de Estado da Cultura, presente na ocasião, afirmou veementemente que a participação do Governo no festival se faz necessária e que os incentivos devem ser aprimorados. A secretária informou que nestes seis meses, desde que assumiu o cargo, a LIC é um instrumento que vem sendo estudado para que se faça uma proposta de melhoria, tornando-a mais atrativa tanto para investidores quanto proponentes, com vistas a despertar interesse para o Rio Grande do Sul.
Em um evento de lançamento do Festival de Cinema de Gramado, não poderia faltar a menção às perdas dos profissionais envolvidos com o evento. O apresentador das sessões e premiações Leonardo Machado faleceu logo após a edição do ano passado, em setembro de 2018. A curadora argentina Eva Piworaski já não participou do último evento, lutando contra um câncer, que a levou em janeiro deste ano. E, por fim, Rubens Ewald Filho morreu recentemente, em 19 de junho.
Néspolo fez reverência a essas três figuras, agradecendo-os por todo o trabalho prestado ao festival. O presidente esclareceu que Ewald é insubstituível, participou de quase todo o processo de curadoria deste ano e deixou sua marca nesta edição. Novos nomes para a equipe de seleção dos longas devem ser divulgados ao final desta edição.
Leonardo Machado terá uma sessão em sua homenagem no dia 18 de agosto, no Palácio dos Festivais, com a exibição fora de competição do longa gaúcho inédito Legalidade, de Zeca Brito. Na produção, o ator personifica o protagonista do movimento, Leonel Brizola.
Confira a lista completa dos filmes concorrentes do 47º Festival de Cinema de Gramado:
LONGAS-METRAGENS BRASILEIROS
  • Hebe - A estrela do Brasil (SP) - Direção: Maurício Farias
  • O Homem Cordial (DF) - Direção: Iberê Carvalho
  • Pacarrete (CE) - Direção: Allan Deberton
  • Raia 4 (RS) - Direção: Emiliano Cunha
  • Veneza (RJ) - Direção: Miguel Falabella
  • Vou nadar até você (SP) - Direção: Klaus Mitteldorf | Codireção: Luciano Patrick
  • 30 anos blues (SP) - Direção: Andradina Azevedo e Dida Andrade
LONGAS-METRAGENS ESTRANGEIROS
  • Son of man - La maldición del tesoro de Atahualpa (Equador) - Direção: Jamaicanoproblem
  • Dos Fridas (México e Costa Rica) - Direção: Ishtar Yasin
  • El Despertar de las Hormigas (Costa Rica) - Direção: Antonella Sudasassi Furnis
  • En el pozo (Uruguai) - Direção: Bernardo e Rafael Antonaccio
  • La forma de las horas (Argentina) - Direção: Paula de Luque
  • Muralla (Bolívia) - Direção: Rodrigo Alfredo Alejandro Patiño Sanjines
  • Perro Bomba (Chile) - Direção: Juan Caceres
CURTAS-METRAGENS GAÚCHOS
  • A maior locadora do mundo - Direção: Matheus Mombelli | Porto Alegre
  • A pedra - Direção: Iuli Gerbase | Porto Alegre
  • BUDAPEST_V4_FINAL2 - Direção: Gabriel Motta | Porto Alegre 
  • buitenlanders/estrangeiros - Direção: Cassio Tolpolar | Porto Alegre
  • Dia de mudança -Direção: Boca Migotto | Porto Alegre
  • É assim que você parece - Direção: Pedro Valadão | São Leopoldo
  • Êles - Direção: Roberto Burd | Porto Alegre
  • Endotermia - Direção: Emiliano Cunha | Porto Alegre
  • Kerexu - Direção: Denis Rodriguez e Leonardo Remor | Porto Alegre
  • Linha Travessão - Direção: Douglas Roehrs | Porto Alegre
  • O Carnaval de Gregor - Direção: Kiwi Bertola | Caxias do Sul
  • O Menino da Terra do Sol - Direção: Michel Marchetti - Bento Gonçalves
  • Quero Ir para Los Angeles - Direção: Juh Balhego | Porto Alegre
  • Só sei que foi assim - Direção: Giovanna Muzel | Pelotas
  • Sonata - Direção: Felipe Diniz | Porto Alegre
  • Stardust - Direção: P.Zaracla - Porto Alegre
  • Tempestade e A Janela de Papel - Direção: Viviane Locatelli | Porto Alegre
  • Tesourinho - Direção: Bruna Dreyer Nery | Pelotas
  • Veraneio - Direção: Nelson Diniz | Porto Alegre
  • Who's That Man Inside My House? - Direção: Lucas Reis | Sapucaia do Sul
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia