Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 11 de julho de 2019.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

acontece

Edição impressa de 11/07/2019. Alterada em 11/07 às 03h00min

Arthur de Faria e Fernando Pezão se apresentam no Teatro do Centro Cultural da Santa Casa

Em 2018, o Duo Deno lançou seu primeiro EP, com duas músicas: 'Você tá bem?' e 'Saudades da Maloca'

Em 2018, o Duo Deno lançou seu primeiro EP, com duas músicas: 'Você tá bem?' e 'Saudades da Maloca'


ANDERSON ASTOR E MARCELO CURIA/DIVULGAÇÃO/JC
O Duo Deno, dupla formada por Arthur de Faria e Fernando Pezão, tem show nesta quinta-feira (11) no Teatro do Centro Histórico-Cultural da Santa Casa (Independência, 75), às 20h, com ingressos a R$ 30,00 no local e pelo site Sympla. Os músicos também vão se apresentar no dia 21 de julho no Festival Tum Tum Instrumental, em Caxias do Sul.
O Duo Deno, dupla formada por Arthur de Faria e Fernando Pezão, tem show nesta quinta-feira (11) no Teatro do Centro Histórico-Cultural da Santa Casa (Independência, 75), às 20h, com ingressos a R$ 30,00 no local e pelo site Sympla. Os músicos também vão se apresentar no dia 21 de julho no Festival Tum Tum Instrumental, em Caxias do Sul.
Em 2018, o duo lançou seu primeiro EP, com duas músicas: Você tá bem? e Saudades da Maloca. O registro teve produção musical de John Ulhoa (Pato Fu). Juntos, Arthur e Pezão trabalharam em 1996 na produção do primeiro disco solo homônimo do Nico Nikolaiewski e, em 2003, no disco Minha longa milonga, de Claudio Levitan. Em shows em teatros e casas noturnas, Duo Deno se apresentou de 2004 a 2006, depois de 2010 a 2014 e novamente no ano passado.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia