Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 24 de maio de 2019.
Dia Nacional do Café.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

Cinema

Alterada em 24/05 às 16h54min

Filme de Karim Aïnouz é premiado na mostra Um Certo Olhar do Festival de Cannes

Obra vencedora é baseada em romance de Martha Batalha, e contou com produção de Rodrigo Teixeira

Obra vencedora é baseada em romance de Martha Batalha, e contou com produção de Rodrigo Teixeira


LOIC VENANCE/AFP/Divulgação/JC
Estadão Conteúdo
O Festival de Cannes anunciou nesta sexta (24), o prêmio para o filme A Vida Invisível de Eurídice Gusmão, dirigido por Karim Ainouz, e que contou com produção do carioca Rodrigo Teixeira e sua RT Features.
Karim é um dos grandes autores brasileiros de sua geração, com filmes como O Céu de Suely e o visceral Praia do Futuro. E foi em no Festival de Cannes, há 17 anos, que ele estreou seu com Madame Satã.
E neste agora foi a vez de ele voltar com a história das irmãs Guida e Eurídice, que são cúmplices no afeto que têm uma pela outra, inseparáveis no dia a dia. Obra é baseada em um romance de Martha Batalha e traz no elenco Carol Duarte, Julia Stockler, Fernanda Montenegro e Gregório Duvivier, entre outros.
O Festival de Cannes termina neste sábado (25), quando anunciará do vencedor da Palma de Ouro.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia