Porto Alegre, quarta-feira, 29 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 29 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

cinema

- Publicada em 03h42min, 24/05/2019. Atualizada em 03h00min, 24/05/2019.

Tragicomédia 'Inferninho' tem inspiração em melodramas pessoais

Longa de Guto Parente e Pedro Diógenes, foi premiado em festivais

Longa de Guto Parente e Pedro Diógenes, foi premiado em festivais


VICTOR DE MELO/DIVULGAÇÃO/JC
Dirigido por Guto Parente e Pedro Diógenes, Inferninho é ambientado inteiramente dentro de um bar, sendo uma tragicomédia inspirada nos melodramas das pessoas que não se adequam a padrões sociais. Já exibido em mais de 10 países, o longa teve a estreia mundial no Festival de Roterdã. Venceu o Festival Queer Lisboa, além de levar os prêmios de Melhor Filme, Diretor e Ator na Mostra Internacional de São Luís.
Dirigido por Guto Parente e Pedro Diógenes, Inferninho é ambientado inteiramente dentro de um bar, sendo uma tragicomédia inspirada nos melodramas das pessoas que não se adequam a padrões sociais. Já exibido em mais de 10 países, o longa teve a estreia mundial no Festival de Roterdã. Venceu o Festival Queer Lisboa, além de levar os prêmios de Melhor Filme, Diretor e Ator na Mostra Internacional de São Luís.
A trama é vivida por Deusimar, a dona do bar Inferninho, que sonha em partir para longe, mas conhece um marinheiro que chega para criar raízes.
 
Comentários CORRIGIR TEXTO