Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 06 de maio de 2019.
Dia do Cartógrafo.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

Televisão

06/05/2019 - 13h39min. Alterada em 06/05 às 14h54min

Diretor desiste de acusação de plágio contra criadores de 'Stranger Things'

Segundo diretor, 'Stranger Things' plagiou curta-metragem sobre fenômenos paranormais

Segundo diretor, 'Stranger Things' plagiou curta-metragem sobre fenômenos paranormais


NETFLIX/DIVULGAÇÃO/JC
Estadão Conteúdo
O diretor Charlie Kessler, que há um ano acusou os criadores de Stranger Things de plágio, desistiu da ação judicial que moveu contra os irmãos Matt e Ross Duffer. Segundo o The Hollywood Reporter, um julgamento estava marcado para esta terça-feira, 7, mas o advogado de Kessler disse que ele decidiu desistir do processo.
Não está claro se o diretor foi pago para recuar. Kessler divulgou um comunicado reconhecendo que os irmãos Duffer "criaram independentemente o programa".
Na acusação, o diretor afirmou que Matt e Ross Duffer se apropriaram de uma ideia sua sobre a qual conversaram em 2014 durante o Festival de Cinema de Tribeca.
Segundo Kessler, Stranger Things plagiou Montauk (2012), curta-metragem sobre fenômenos paranormais. A produção seria o primeiro passo para um hipotético filme intitulado The Montauk Project.
O diretor assegurou que a conversa com os Duffer ocorreu "dentro das práticas da indústria do entretenimento", as quais estabeleciam que os irmãos não poderiam divulgar, usar ou aproveitar as ideias contadas por Kessler sem a sua permissão ou sem oferecer uma compensação financeira.
Os criadores de Stranger Things negaram a acusação e afirmam que o processo judicial movido contra eles era "completamente sem mérito".
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia