Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 13 de abril de 2019.
Aniversário da cidade de Fortaleza/CE. Dia dos Jovens.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

Literatura

13/04/2019 - 14h37min. Alterada em 13/04 às 16h05min

Salão em Paris é palco da maior biblioteca efêmera do mundo

Salão vai até este domingo no Grand Palais e reúne 160 livrarias francesas e internacionais

Salão vai até este domingo no Grand Palais e reúne 160 livrarias francesas e internacionais


ROSANGELA MELETTI/DIVULGAÇÃO/JC
Rosangela Meletti, especial de Paris
O Salão dos Livros Raros e do Autógrafo reúne até este domingo (14) no Grand Palais, m Paris, 160 livrarias francesas e internacionais. Dezenas de experts da edição expõem seus tesouros em forma de livros. Este é o maior encontro mundial dos grandes leitores, dos apaixonados pelos livros e foi visitado, no ano passado, por 20,2 mil pessoas. O que faz do evento a maior biblioteca efêmera do mundo.
O salão tem dezenas de padrinhos influentes e famosos: o cineasta Costa-Gavras, a cantora Charlotte Gainsbourg e o chef Alain Ducasse. Todos juntos se comprometem a divulgar a ideia da importância de preservar os livros como valores do patrimônio universal e expressões da nossa memória coletiva.

> Confira imagens do que encontrar no salão

Verdadeiras obras de arte assinadas por Proust, Verlaine, Flaubert, Rimbaud e Zola em primeiras tiragens, por vezes com dedicatórias ou autógrafos, estão expostas e à venda pelos livreiros que são considerados marchands de livros. Um convite para uma viagem aos segredos dos manuscritos e e impressos em papel em plena primavera parisiense.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia