Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 17 de abril de 2019.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

acontece

Edição impressa de 17/04/2019. Alterada em 17/04 às 03h00min

Sala de cinema Eduardo Hirtz reabre com estreias após reformas

Depois de três meses de reformas, a sala Eduardo Hirtz, na Cinemateca Paulo Amorim (Andradas, 736), tem reabertura nesta quarta-feira, em uma sessão para convidados. A partir de quinta-feira, a sala revitalizada na Casa de Cultura Mario Quintana fica disponível ao público, com as estreias de Happy hour, de Eduardo Albergaria; Aykam, de Sergey Dvortsevoy; e Decisão: aniquilação, de Aleksandr Aravin.
A recuperação inclui digitalização da projeção, troca de poltronas, carpetes e do sistema elétrico e de ar condicionado, além de adequação para as normas de PPCI. A plateia conta com 70 lugares. A revitalização foi proposta pela Associação dos Amigos da Cinemateca Paulo Amorim e contou com patrocínio do Banrisul, Icatu Seguros e Rio Grande Seguros via Lei Rouanet.
Na sessão de abertura, as atrações são uma participação musical de Bagre e Ernesto Fagundes, exibição de um episódio da série Tá no sangue, sobre a família Fagundes, e estreia do primeiro capítulo da série Sonho americano, do diretor Paulo Nascimento.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia