Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019.
Dia da Criação do Ministério das Comunicações.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

ACONTECE

Edição impressa de 25/02/2019. Alterada em 25/02 às 01h00min

Turucutá em conjunto com a Banda Saldanha promovem Grito de Carnaval

Evento será nesta segunda-feira, às 19h, na Saldanha

Evento será nesta segunda-feira, às 19h, na Saldanha


GIOVANNA JUNG LUVIZETTO/DIVULGAÇÃO/JC
Trazendo a sinergia entre o batuque com a música popular, a Turucutá se une com a Banda Saldanha em noite de ensaio para um Grito de Carnaval. O evento será nesta segunda-feira, às 19h, na Saldanha (Padre Cacique, 1.355), com ingressos entre R$ 15,00 (lote promocional) e R$ 25,00 (2º lote).
A Turucutá Batucada Coletiva Independente foi criada há 11 anos, sendo um grupo musical com uma formação que traz instrumentos de percussão que se assemelham aos de escola de samba, como surdo, repinique, agogô, tamborim, entre outros, unindo cavaco, vozes e sopros. Além do carnaval de rua, que ocorre uma vez por ano, a Turucutá também está em shows de casas noturnas, eventos e também com suas oficinas permanentes, formando ritmistas.
A Banda Saldanha, por sua vez, surgiu na década de 1970. A história da criação do grupo é simples e inusitada: o jovem Pedro Diogo e o seu amigo César Unanue comemoram um jogo de futebol com roda de samba em outubro de 1975, que, em pouco tempo, atingiu enormes proporções - toda a rua Saldanha Marinho, no bairro Menino Deus. O evento tornou-se anual e tomou novas proporções, levando até a conquista do espaço próprio, em 2005. A importância da Saldanha transcendeu o Estado, chegando a participar de desfiles em trio elétrico pelas ruas de Copacabana, no Rio de Janeiro.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia