Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 08 de janeiro de 2019.
Dia Nacional do Fotógrafo.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

ACONTECE

Edição impressa de 08/01/2019. Alterada em 08/01 às 01h00min

Capitólio apresenta mostra especial com filmes escolhidos por frequentadores

Tempos modernos é um dos títulos de mostra na Cinemateca Capitólio

Tempos modernos é um dos títulos de mostra na Cinemateca Capitólio


/TELECINE/DIVULGAÇÃO/JC
A partir de hoje, a Cinemateca Capitólio Petrobras (Demétrio Ribeiro, 1.085) promove uma mostra especial para seus frequentadores. Dwez cinéfilos, dez filmes reúne obras escolhidas por alguns dos espectadores mais assíduos desde que o local voltou a funcionar, em 2015. Até dia 16, as sessões incluem obras realizadas entre 1936 (Tempos modernos, de Charles Chaplin) e 1975 (The Rocky Horror Picture Show, de Jim Sharman).
Hoje, por exemplo, além de exibição do mais célebre filme de Chaplin (às 20h30min), a programação inclui Harakiri (18h), de Masaki Kobayashi. No longa, um samurai chega ao castelo do Senhor Iyi pedindo licença para um ritual suicida em suas terras.
A seleção ainda tem Paixão dos fortes, de John Ford; A roda da fortuna, de Vincente Minnelli; O sol por testemunha, de René Clément; O terror das mulheres, de Jerry Lewis; Madre Joana dos Anjos, de Jerzy Kawalerowicz; Crônica de Anna Magdalena Bach, de Jean-Marie Straub & Danièle Huillet; e Céline e Julie vão de barco, de Jacques Rivette.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia