Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 17 de dezembro de 2018.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

teatro

Edição impressa de 17/12/2018. Alterada em 17/12 às 12h38min

Porto Verão Alegre tem lançamento nesta terça-feira

Espetáculo Lilás participa do evento em Porto Alegre

Espetáculo Lilás participa do evento em Porto Alegre


PINGO ALARBACE/DIVULGAÇÃO/JC
Duas décadas atrás, as opções para quem permanecia em Porto Alegre nos meses mais quentes do ano se resumiam a cinemas, museus e shopping centers. Os teatros ficavam fechados - isso, até surgir o Porto Verão Alegre (PVA), que completa 20 anos na próxima edição, de 8 de janeiro a 17 de fevereiro de 2019. O lançamento oficial do evento ocorre amanhã, às 20h, na Casa da Música da Ospa.
A edição comemorativa não poupa em números: serão 107 espetáculos apresentados (26 a mais que na edição anterior), sendo 98 em Porto Alegre com opções de teatro, dança, mágica e ilusionismo e música. O Teatro do Sesc, em Canoas, também vai receber atrações.
A hashtag cultura transforma marca o conceito do Porto Verão Alegre 2019. As ações vão ocupar com arte 13 espaços: Barco Cisne Branco; Centro Histórico-Cultural Santa Casa; Instituto Goethe; Instituto Ling; Teatro de Arena; Teatro da Amrigs; Teatro do Bourbon Country; Teatro Renascença; Sala Álvaro Moreyra; Theatro São Pedro; StudioClio e os teatros do Sesc em Porto Alegre e Canoas.
De acordo com os idealizadores e organizadores do Porto Verão Alegre, Rogério Beretta e Zé Victor Castiel, esta edição reforça o sentimento de orgulho e resistência que têm em relação ao projeto. "Vinte anos não é para qualquer um. São anos após anos de batalhas e resistências, especialmente, diante de um cenário recente de muita instabilidade", destacam. Os atores ressaltam, ainda, que mesmo sendo um festival privado, o PVA tornou-se patrimônio cultural da cidade.
Diversas novidades marcam o evento. Entre elas uma homenagem ao ator Leonardo Machado, falecido em 2018. O ciclo de cinema Cine ao Leo contará com a exibição gratuita de filmes com o ator, sempre às terças-feiras, no StudioClio. Outra inovação é a programação cultural que acontecerá no Barco Cisne Branco.
Oficinas gratuitas, CesaSig (apresentações teatrais seguidas de debates conduzidos em parceria com a Sigmund Freud Associação Psicanalítica) e espetáculos com audiodescrição e libras (serão dois) continuam na programação.
Cinco espetáculos irão estrear no festival (Bonecas cobiçadas; Lilás; Um corpo estranho entre nós; Sergio Rojas Instrumental e Toc). Outros 45 participarão, pela primeira vez, do Porto Verão Alegre. Outros nove, selecionados entre os mais assistidos, serão apresentados no Teatro do Sesc Canoas. Outras cinco peças infantis estarão em uma mostra no Teatro do Sesc em Porto Alegre.
Os ingressos permanecem a preços populares: R$ 30,00 (antecipados) ou R$ 40,00 (na hora, nos teatros). A venda começa amanhã, por enquanto, apenas pelo site portoveraoalegre.com.br. Informações sobre vendas nos pontos físicos serão divulgadas nas próximas semanas.
O lançamento, amanhã, acontece junto ao concerto gratuito de encerramento da temporada de 2018 na Casa da Música da Ospa, com participações de Renato Borghetti, da soprano Elisa Machado, do Coro Sinfônico da Ospa, do Grupo Expresso 25 e do pianista Pablo Trindade.

Porto Verão Alegre 2019

  • De 8 de janeiro a 17 de fevereiro de 2019
  • 107 espetáculos - cinco deles, inéditos
  • Apresentações em 13 locais da cidade, incluindo o Barco Cisne Branco
  • Ingressos de R$ 30,00 a R$ 40,00 pelo site portoveraoalegre.com.br
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia