Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 07 de dezembro de 2018.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

ACONTECE

Edição impressa de 07/12/2018. Alterada em 07/12 às 01h00min

Exposição fotográfica abre neste sábado na Fundação Iberê Camargo

Artista apresenta projetos de base fotográfica, que incluem três instalações de grandes dimensões

Artista apresenta projetos de base fotográfica, que incluem três instalações de grandes dimensões


DENISE GADELHA/DIVULGAÇÃO/JC
Uma exposição que nasce a partir de um acidente. Náufragos na correnteza do tempo, de Denise Gadelha, abre na Fundação Iberê Camargo (Padre Cacique, 2.000) sábado (8), às 15h, com visita guiada pela artista. A entrada é gratuita.
Denise apresenta sete projetos de base fotográfica, que incluem três instalações de grandes dimensões. A mostra surgiu de um acidente sofrido por ela, que perdeu obras para um vazamento de água em seu apartamento. Compreendendo que a degradação faz parte do crescimento, a artista visual transforma o caráter trágico do acidente ao encarar as perdas com otimismo e constrói novos trabalhos a partir do que restou.
Apenas duas obras originais permanecem, sendo as outras baseadas na transformação física de imagens que sofreram desgaste pela ação de elementos do tempo e do clima.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia