Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 28 de setembro de 2018.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

tevê

Edição impressa de 28/09/2018. Alterada em 28/09 às 01h00min

Homem versus máquina

Schwarzenegger é androide enviado ao passado em O exterminador do futuro

Schwarzenegger é androide enviado ao passado em O exterminador do futuro


/MEGAPIX/DIVULGAÇÃO/JC

Um dos filmes mais marcantes da carreira de Arnold Schwarzenegger fecha a Sessão Retrô de setembro no Megapix, às 11h05min de domingo. Em um futuro próximo, a guerra entre humanos e máquinas foi deflagrada. Com a tecnologia a seu dispor, os androides enviam um O exterminador do futuro (Arnold Schwarzenegger) para o passado com a missão de assassinar Sarah Connor (Linda Hamilton), mãe daquele que viria a se transformar em um líder da resistência humana contra a Inteligência Artificial anos depois. Contudo, os humanos também conseguem enviar um representante (Michael Biehn), incumbido de proteger a mulher e buscar garantir o futuro da humanidade.

O catálogo da Netflix recebe mais um filme original nesta sexta-feira. Noite de lobos acompanha o naturalista aposentado e especialista em lobos Russel Core, interpretado por Jeffrey Wright, que viaja até o Norte do Alasca a pedido de Medora Slone (Riley Keough), uma jovem mãe que teve o filho morto por lobos. Quando o marido de Medora, Vernon (Alexander Skasgard), retorna da Guerra do Iraque, a notícia da morte do garoto desencadeia uma violenta sequência de eventos, dando início a uma jornada perigosa e sombria que Core deve encarar.

Segue em andamento a 12ª temporada de O som do vinil, comandado pelo ex-titã Charles Gavin. Ávido colecionador de discos raros, o músico entrevista importantes personalidades do ramo com o intuito de lembrar curiosidades e bastidores de discos fundamentais para a história do cancioneiro nacional. No episódio desta sexta-feira, que vai no Canal Brasil às 21h30min, Gavin comenta Remonta, álbum de Liniker e Os Caramelows. Composto por arranjos pouco convencionais, os integrantes da banda manifestam o trabalho político que o disco desempenha ao discutir o afeto.

Michelle Monaghan e Shia LaBeouf protagonizam Controle absoluto, em que interpretam Rachel Holloman e Jerry Shaw. Ambos não se conhecem, até que um telefonema feito por uma mulher desconhecida os une. Ameaçando a vida dos dois e de suas respectivas famílias, a voz utiliza a tecnologia do dia a dia para rastrear e controlar todos os movimentos de Holloman e Shaw. Logo, em decorrência dos atos que cometem para proteção daqueles que amam, eles passam a ser os fugitivos mais procurados do país, precisando se unir para descobrir o que realmente está ocorrendo. Às 13h10min de sábado, no Studio Universal.

Em um futuro próximo, a África do Sul decidiu substituir os policiais humanos por uma frota de robôs ultrarresistentes e dotados de Inteligência Artificial. O criador desses modelos, o cientista Deon (Dev Patel), sonha em introduzir emoções nos mesmos. Para isso, ele rouba um modelo defeituoso e faz experiências, até criar Chappie (Sharlto Copley), um robô capaz de pensar e aprender por conta própria. Engenheiro rival de Deon, Vincent (Hugh Jackman) decide sabotar as experiências do colega de trabalho. Com isso, a segurança do país e o futuro de Chappie correm riscos. Em exibição no Space, às 20h23min de sábado, com reprise às 14h13min de domingo.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia