Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 17 de setembro de 2018.
Dia do Transportador Rodoviário de Carga.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

ACONTECE

Edição impressa de 17/09/2018. Alterada em 17/09 às 01h00min

Romance propõe novo olhar para o interior do Sul do Brasil

Escrito por R. Tavares, Andarilhos é dica de leitura para a Semana Farroupilha

Escrito por R. Tavares, Andarilhos é dica de leitura para a Semana Farroupilha


EDITORA TAVERNA/DIVULGAÇÃO/JC
Já em sua segunda edição, o livro Andarilhos (Ed. Taverna, 204 págs., R$ 34,90) é dica de leitura para a Semana Farroupilha. O escritor R. Tavares apresenta uma obra com identidade regional, porém com passaporte para o mundo. 
O romance propõe um novo olhar para o interior do Sul do Brasil. Ambientado no princípio do século XX, período histórico em que as mulheres não tinham espaço, nem voz, sobretudo no tradicionalismo rio-grandense, as personagens femininas de Andarilhos, apesar dessa invisibilidade imposta pela sociedade da época, mostram em suas passagens sua força, não apenas no contexto social, mas nos dramas da história.
Recorrente nos trabalhos do autor, as narrativas que se passam em espaços interioranos - onde muitas vezes a paisagem é tão marcante que soa como personagem - sugerem o que poderia se chamar de literatura regional contemporânea, um estilo com forte influência dos escritores contemporâneos, na linguagem e no ritmo, misturando elementos da literatura tradicional, mas sem cair no folclorismo.
Natural de Bagé, Tavares também é autor de A tropeada, Contos sangrentos e Noite escura. O escritor é um dos idealizadores do FestFronteira Literária. Atualmente, ele participa da tradicional Oficina Literária do professor Assis Brasil.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia