Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 21 de agosto de 2018.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

ACONTECE

Edição impressa de 21/08/2018. Alterada em 21/08 às 01h00min

Metáfora atual é atração na Sala Álvaro Moreyra a partir desta terça

Interrupções é montada ao vivo e oferece ao público um novo espetáculo a cada sessão

Interrupções é montada ao vivo e oferece ao público um novo espetáculo a cada sessão


QEX BITTENCOURT/DIVULGAÇÃO/JC
O Teatro Sarcáustico, a partir desta terça-feira (21), leva ao palco da Sala Álvaro Moreyra (Érico Veríssimo, 307) o espetáculo Interrupções, criado a partir do texto Corte Seco, da diretora brasileira Christiane Jatahy. Com sessões também nas duas próximas terças-feiras, sempre às 20h, a peça integra a programação do projeto Novas caras. Os ingressos custam R$ 30,00 na hora. A meia-entrada vale para quem comprar antecipado pela internet, para estudantes, idosos, classe artística e entrada solidária (mediante doação de um quilo de alimento).
A montagem é uma grande metáfora para as mudanças bruscas que enfrentamos durante toda a vida. Foi trabalho de conclusão do Laboratório de Montagem do Teatro Sarcáustico 2017/1. Composto por 15 cenas, o espetáculo aborda temas que estão em pauta, como machismo, redes sociais, aborto e manifestações políticas. Calcada na capacidade de improviso dos atores, que precisam dar conta das dinâmicas propostas pelo diretor Ricardo Zigomático, Interrupções é montada ao vivo e oferece ao público um novo espetáculo a cada sessão.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia