Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 08 de agosto de 2018.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

artes cênicas

Edição impressa de 08/08/2018. Alterada em 07/08 às 17h29min

Cia In.Co.Mo.De-Te comemora dez anos de palco com espetáculos no Theatro São Pedro

Quinteto celebra década de intensa atividade com maratona de grandes sucessos

Quinteto celebra década de intensa atividade com maratona de grandes sucessos


REGINA PEDRUZZI PROTSKOF/DIVULGAÇÃO/JC
Cristiano Vieira
Carlos Ramiro Fensterseifer, Liane Venturella, Nelson Diniz, Álvaro RosaCosta e Fábio Cuelli estão em festa. O quinteto celebra os dez anos de intensa atividade da Cia In.Co.Mo.De-Te com uma maratona de grandes sucessos da carreira nos diversos espaços culturais que compõem o Complexo Theatro São Pedro (veja, abaixo, mais informações).
A vida dele, DentroFora, Movimentos sobre rodas paradas e O gordo, o magro e o muro estão na programação. Quatro espetáculos de sucesso que sintetizam, de certa maneira, a companhia criada oficialmente em 2008 - os artistas, contudo, se admiram e se conhecem bem antes daquele ano.
A Cia In.Co.Mo.De-Te é formada por atores, diretores, designers, iluminadores e musicistas que trabalham com diferentes linguagens e juntos montaram um projeto baseados no trabalho do ator. Os aparatos cênicos, os textos, a condução da direção, todos esses elementos são escolhidos de modo a compor uma estética que realce a interpretação, essência da proposta.
"Tudo começou com a montagem original de O gordo e o magro vão para o céu, texto do Paul Auster", relembra Liane Venturella, atriz, diretora e produtora. Carlos Ramiro ganhou o prêmio Myriam Muniz para montar a peça com dois atores - ele mesmo e Heinz Limaverde. Ramiro, na época, queria que Liane dirigisse. Ela, por sua vez, sugeriu Nelson Diniz. "Todos estávamos começando outros projetos, e a peça precisava estar pronta em 28 dias. Neste vai e vem de quem dirige ou não, eu e Nelson topamos", conta ela.
Rebatizada em 2018 de O gordo, o magro e o muro, a montagem original colheu sucesso por onde passou. Teve cinco indicações ao Açorianos de Teatro 2008 e participou, também, do Festival Palco Giratório.
Depois vieram DentroFora (baseado no texto Hide and Seek, também de Paul Auster, dirigido por Carlos Ramiro Fensterseifer); A vida dele (baseado nos textos Blecautes e Fantasmas, do mesmo Auster) com direção de Ramiro Silveira; e, por último, Movimentos sobre rodas paradas, com dramaturgia de Nelson Diniz e direção de Carlos Ramiro Fensterseifer.
Agora, além das apresentações especiais, novembro deve marcar a estreia do novo espetáculo da companhia - Antropófagos, na Sala Álvaro Moreyra. Conforme antecipa Liane, trata-se de um conto de terror adulto que utiliza linguagem de miniaturas e maquetes para transpor o enredo. "Em cena, temos uma aldeia feliz invadida por um grupo de canibais. O inusitado é que os que vivem na aldeia conseguem regenerar partes dos corpos. É uma grande metáfora sobre o nosso capitalismo", relata Liane.
A artista concorda que o momento atual da cultura é de apreensão - "sim, está tudo ruindo, mas é hora de sermos guerreiros. O teatro não pode parar e a estreia de Antropófagos é uma das provas disso. É o primeiro espetáculo que faremos somente com caixa da companhia. Um grande desafio", finaliza.

Espetáculos

A vida dele
- Sábado (11/8), às 21h
- No Theatro São Pedro
- Ingressos entre R$ 30,00 e R$ 60,00
DentroFora
- Domingo (12/8), às 18h
- No Theatro São Pedro
- Ingressos entre R$ 50,00 e R$ 60,00
Movimentos sobre rodas paradas
- Sábado (18/8), às 19h, e domingo (19/8), às 18h
- No estacionamento 3S do Multipalco Eva Sopher
- Ingressos a R$ 40,00
O gordo, o magro e o muro
- Sábado (25/8), às 19h, e domingo (26/8), às 18h
- Na Sala de Música do Multipalco Eva Sopher
- Ingressos a R$ 50,00
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia