Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 05 de julho de 2018.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

ACONTECE

Notícia da edição impressa de 05/07/2018. Alterada em 05/07 às 01h00min

Exposição sobre influência da arte pop em Porto Alegre é inaugurada no Margs

Obra Atirador de facas, de Milton Kurtz, é uma das exibidas na mostra

Obra Atirador de facas, de Milton Kurtz, é uma das exibidas na mostra


ACERVO MARGS/DIVULGAÇÃO/JC
Tem inauguração nesta quinta-feira (5), às 19h, a exposição Influências da arte pop em acervos de Porto Alegre, com curadoria de Carolina Grippa e Caroline Hädrich. Serão exibidas obras de artistas locais (Alfredo Nicolaiewsky, Glauco Rodrigues, Henrique Fuhro, Liana Timm, Luiz Barth, Mário Röhnelt, Milton Kurtz, Romanita Disconzi e Vera Chaves Barcellos, além de Jesus Escobar) nas Galerias João Fahrion, Pedro Weingärtner e Angelo Guido do Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli - Margs (Praça da Alfândega, s/nº), até 26 de agosto. Com entrada gratuita, a visitação pode ser feita de terças-feiras a domingos, das 10h às 19h.
Além de obras do acervo do Margs, participam ainda exemplares da Pinacoteca Aldo Locatelli (da prefeitura de Porto Alegre) e da Pinacoteca Barão de Santo Ângelo (do Instituto de Artes da Ufrgs). A mostra surgiu de uma indagação sobre o impacto do pop no Brasil, movimento conhecido, cujo destaque sempre é dado à artistas norte-americanos e ingleses.
Esta seleção traz exemplos de artistas que possuem obras influenciadas pela arte pop, no que diz respeito aos temas, suportes, cores e planaridade em sua construção. Nas criações, percebe-se a presença de aspectos tanto pessoais, como a influência de ícones de mídia mundiais, quanto sociais e políticos -especificamente agitados da América Latina na época. As questões de suporte e técnicas são também de grande importância para a exposição; construída principalmente com gravuras e serigrafias, métodos que permitem a reprodução das obras com facilidade, uma das características da arte pop, que é justamente a repetição e a reflexão sobre a exclusividade das obras de arte em uma época de expansão dos mass media.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia