Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 20 de maio de 2022.
Porto Alegre,
sexta-feira, 20 de maio de 2022.
Notícia da edição impressa de 20/05/2022.
Alterada em 20/05 às 03h00min

Depois da seca, a irrigação

deputada federal adriana ventura novo sp

deputada federal adriana ventura novo sp


/Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados/JC

O deputado federal Covatti Filho (PP) tem liderado na Câmara a luta para desburocratizar a emissão das licenças para projetos de irrigação. Na quarta-feira, o deputado, que preside a Comissão de Meio Ambiente, aprovou requerimento para audiência pública com as secretarias de Agricultura e de Meio Ambiente, do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul. "Assim como a estiagem, a discussão sobre a irrigação é recorrente. Tem seca, ganha força. Vem a chuva, o assunto fica de lado. Temos de enxergar o armazenamento de água e a irrigação como ações de prevenção. Por isso, a necessidade e a urgência da discussão", afirma Covatti Filho. Está certo o deputado. Chega de improviso nesta área que é fundamental para a produção.

O deputado federal Covatti Filho (PP) tem liderado na Câmara a luta para desburocratizar a emissão das licenças para projetos de irrigação. Na quarta-feira, o deputado, que preside a Comissão de Meio Ambiente, aprovou requerimento para audiência pública com as secretarias de Agricultura e de Meio Ambiente, do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul. "Assim como a estiagem, a discussão sobre a irrigação é recorrente. Tem seca, ganha força. Vem a chuva, o assunto fica de lado. Temos de enxergar o armazenamento de água e a irrigação como ações de prevenção. Por isso, a necessidade e a urgência da discussão", afirma Covatti Filho. Está certo o deputado. Chega de improviso nesta área que é fundamental para a produção.

Prestígio do setor

O deputado federal Pedro Westphalen (PP) assina o prefácio do livro CNSaúde 25 2 anos. O parlamentar foi um dos atores fundamentais para a criação da Confederação Nacional de Saúde (CNS), em 1994. "Fiz parte da primeira diretoria da entidade e é uma honra prefaciar este livro, que valoriza o passado construído e projeta o futuro", afirma Westphalen.

Referência nacional

O livro foi lançado nesta quarta-feira durante a Hospitalar 2022, em São Paulo, evento que reúne o mercado nacional e internacional da saúde. O parlamentar integrou dois painéis ao lado de outros especialistas. Um dos temas foi sobre a regulamentação da telemedicina no Brasil, assunto em que foi coautor do projeto, aprovado pela Câmara dos Deputados.

Um mundo de ideias

"A Hospitalar apresenta o que há de mais novo no mundo dos negócios e as últimas soluções criativas e inovadoras na saúde. É abrir a cabeça para novas ideias que possam ser inspiradoras para a rede pública de saúde e oportunizar novas experiências aos pacientes do SUS", afirma Westphalen que é médico e vice-presidente da Comissão de Saúde na Câmara.

Trabalhadores pisoteados

O deputado federal gaúcho Dionilso Marcon (PT) alerta que o salário-mínimo tem o menor poder de compra, descontada a inflação, desde a implantação do real. Na opinião do parlamentar, "enquanto os trabalhadores têm sido pisoteados, os bancos privados lucram bilhões de reais". Marcon critica a falta de aplicação de recursos públicos na assistência social, e o descontrole sobre os preços de itens essenciais, como remédios, alimentos, combustíveis e energia.

Prejuízos à educação

Adriana Ventura (Novo-SP, foto) lamenta que os alunos das escolas públicas ficaram dois anos sem aulas devido à pandemia e retrocederam 5 ou 6 anos em relação ao que sabiam. "As esferas de governo e o Congresso devem lutar para recuperar o processo de aprendizagem dos estudantes do sistema público e garantir igualdade de oportunidade e bom ensino."

Comentários CORRIGIR TEXTO
Edgar Lisboa
Edgar Lisboa
Notícias da capital federal e informações sobre projetos do Congresso Nacional e medidas do Palácio do Planalto, especialmente com interesse do Rio Grande do Sul estão na coluna Repórter Brasília. O jornalista Edgar Lisboa traz um resumo diário do que de mais importante acontece na tramitação do Legislativo e na movimentação da bancada federal gaúcha.