Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 13 de maio de 2022.
Porto Alegre,
sexta-feira, 13 de maio de 2022.
Notícia da edição impressa de 13/05/2022.
Alterada em 13/05 às 03h00min

Confronto começa cedo

sessão câmara dos deputados

sessão câmara dos deputados


/Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados/JC

Parlamentares gaúchos da oposição e do governo começaram, cedo, no plenário da Câmara (foto), o confronto pré-eleitoral. Entre os congressistas gaúchos o embate começa antes mesmo das convenções. O PT ataca em bloco, com temas que impactam no dia a dia da população. Presença permanente também de Pompeo de Mattos (PDT). O deputado Henrique Fontana (PT) fez um balanço do governo Jair Bolsonaro (PL), ressaltando os altos índices de desemprego e da inflação. No entendimento do parlamentar, "é culpa do atual governo a fome que assola 19 milhões de brasileiros, e a situação de outros 116 milhões que vivem a insegurança alimentar".

Parlamentares gaúchos da oposição e do governo começaram, cedo, no plenário da Câmara (foto), o confronto pré-eleitoral. Entre os congressistas gaúchos o embate começa antes mesmo das convenções. O PT ataca em bloco, com temas que impactam no dia a dia da população. Presença permanente também de Pompeo de Mattos (PDT). O deputado Henrique Fontana (PT) fez um balanço do governo Jair Bolsonaro (PL), ressaltando os altos índices de desemprego e da inflação. No entendimento do parlamentar, "é culpa do atual governo a fome que assola 19 milhões de brasileiros, e a situação de outros 116 milhões que vivem a insegurança alimentar".

Confronto entre os Poderes

Para Fontana, o presidente Bolsonaro incentiva o confronto entre os Poderes da República para defender a atuação do chamado "gabinete do ódio". Segundo o parlamentar, "a intenção do presidente é permitir que as milícias digitais continuem atuando na disseminação de mentiras".

Cherini na defesa

Já o bolsonarista Giovani Cherini (PL) rebate que quem culpa o governo pela inflação e diz que a crise econômica é resultado da pandemia e da decisão de autoridades que defenderam o lockdown. O congressista gaúcho enfatiza que "o presidente Jair Bolsonaro avisou em 2020, que a miséria também mataria muita gente". Para Cherini, "mesmo com o fechamento do comércio durante a pandemia, o governo federal fez sua parte e possibilitou a geração de três milhões de empregos".

Crise da cadeia produtiva

Na opinião do deputado federal gaúcho Bohn Gass (PT), "o presidente Bolsonaro é culpado pela crise econômica porque ironizou os impactos da pandemia". Na avaliação do deputado, "ele permitiu as mortes ao desprezar a ciência, e prejudicou a economia ao não combater a transmissão do coronavírus". O petista afirma que "ao tirar o subsídio de quem planta e de quem transporta, o presidente se torna responsável pela crise da cadeia produtiva".

Ataques à liberdade de imprensa

A preocupação manifestada por entidades que representam os jornalistas, de que as eleições de 2022 sejam marcadas por ataques à liberdade de imprensa, foi destacada pela deputada federal gaúcha Maria do Rosário (PT). Ela argumenta que "a informação é um direito humano essencial e equivale ao direito sobre o qual se fundamenta a democracia".

Voz do Brasil

A Voz do Brasil, transmitida pelas emissoras de rádio de todo o País, tem mostrado a presença permanente de parlamentares da oposição em dar seu recado às bases. Dá a impressão que os deputados da oposição, principalmente do PT, sabem utilizar melhor o poder de fogo que têm nas mãos. Os governistas, exceto alguns poucos, entre eles Bibo Nunes e Giovani Cherini, não utilizam a força da comunicação oficial.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Edgar Lisboa
Edgar Lisboa
Notícias da capital federal e informações sobre projetos do Congresso Nacional e medidas do Palácio do Planalto, especialmente com interesse do Rio Grande do Sul estão na coluna Repórter Brasília. O jornalista Edgar Lisboa traz um resumo diário do que de mais importante acontece na tramitação do Legislativo e na movimentação da bancada federal gaúcha.