Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 20 de julho de 2020.
Dia do Amigo.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 20 de julho de 2020.
Notícia da edição impressa de 29/04/2020.
Alterada em 29/04 às 03h00min

Caminho do diálogo

GUSTAVO LIMA/CÂMARA DOS DEPUTADOS/JC
O deputado federal gaúcho Afonso Motta (PDT, foto), disse que "duas coisas são decisivas para superar a crise política motivada pelas mudanças no governo: a movimentação do presidente em direção ao Parlamento, buscando o caminho do diálogo e, a avaliação dos nomes indicados para o Ministério da Justiça e Polícia Federal". O parlamentar alerta que "se aproximação for com nomes da estrita confiança do presidente, sem o apoio do Congresso, a negociação fica mais difícil". Alerta também que "se a aproximação com o Parlamento for através dessas figuras do centrão, acho que a instabilidade vai continuar muito grande. Se as indicações forem consideradas técnicas, a lógica é nós termos assim, uma surpresa positiva".
O deputado federal gaúcho Afonso Motta (PDT, foto), disse que "duas coisas são decisivas para superar a crise política motivada pelas mudanças no governo: a movimentação do presidente em direção ao Parlamento, buscando o caminho do diálogo e, a avaliação dos nomes indicados para o Ministério da Justiça e Polícia Federal". O parlamentar alerta que "se aproximação for com nomes da estrita confiança do presidente, sem o apoio do Congresso, a negociação fica mais difícil". Alerta também que "se a aproximação com o Parlamento for através dessas figuras do centrão, acho que a instabilidade vai continuar muito grande. Se as indicações forem consideradas técnicas, a lógica é nós termos assim, uma surpresa positiva".

CPI mostrará temperatura

A CPI para investigar interferência de Bolsonaro na PF, diante das denúncias de Sérgio Moro, caso seja instalada, mostrará se o Parlamento absorve bem a indicações do Palácio do Planalto. Partidos acionam a Justiça para impedir que Alexandre Ramagem, assuma a direção da Polícia Federal. O PSOL protocolou uma Ação Popular na Justiça Federal em Brasília. O PDT entrou com Mandado de Segurança no Supremo Tribunal Federal. O ato do presidente Jair Bolsonaro, segundo os partidos, fere a moralidade, a impessoalidade, e a legalidade administrativas.

Conquista do Parlamento

A conquista do Parlamento, segundo analistas políticos, depende muito da postura do ministro da Justiça e do novo comando da PF. Enfim, existem outras forças de governabilidade que podem conduzir uma aproximação com o Parlamento. O ministro Paulo Guedes, começa a estabelecer um diálogo, e foi prestigiado publicamente pelo presidente na última semana. Diante da ameaça de um surto de pânico financeiro, diante do mercado, Bolsonaro afirmou: "O homem que decide a economia no Brasil é um só, chama-se Paulo Guedes", disse o presidente, ontem de manhã, na saída do Palácio da Alvorada. Ninguém pode dizer quanto tempo essa disposição vai durar. No fim de semana o ministro ainda era apontado por analistas políticos, e por fontes do mercado, como a provável bola da vez, depois da saída do ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro.

Corte na cota parlamentar

O deputado federal gaúcho Daniel Trzeciak (PSDB), autor do Projeto de Lei que reduz em 50% a cota parlamentar, reforça necessidade de cortar custos. Ele explica que a quota parlamentar dos deputados federais gaúchos, por exemplo, é de R$ 40 mil mês. "Sou contra a utilização da cota, mas nesse momento de coronavírus, aonde não se está tendo viagens para Brasília, que é um valor alto realmente de todos os meses, e como a gente não está tendo viagens e todo o custo de trabalho, não tem porque manter essa cota". O congressista tucano defende que essa cota "deve ser reduzida em 50% para todos os deputados federais e esse dinheiro ser direcionado para a saúde". Trzeciak, destaca que "além disso, será um gesto político que será notado pela população neste momento de necessidade".
 
Comentários CORRIGIR TEXTO
Edgar Lisboa
Edgar Lisboa
Notícias da capital federal e informações sobre projetos do Congresso Nacional e medidas do Palácio do Planalto, especialmente com interesse do Rio Grande do Sul estão na coluna Repórter Brasília. O jornalista Edgar Lisboa traz um resumo diário do que de mais importante acontece na tramitação do Legislativo e na movimentação da bancada federal gaúcha.