Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 26 de julho de 2020.
Dia dos Avós.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 26 de julho de 2020.
Notícia da edição impressa de 03/09/2019.
Alterada em 02/09 às 21h45min

O agronegócio como ele é

A maioria dos deputados da bancada gaúcha esteve, na última semana, participando da Expointer, em Esteio, onde conferiram a força do agronegócio do Rio Grande do Sul e os problemas que o setor enfrenta. Para um balanço da situação, conversei com o presidente da Frente Parlamentar da Agricultura (FPA), o gaúcho Alceu Moreira (MDB), que sintetizou a real situação dos produtores. O líder ruralista disse que o agro no Rio Grande do Sul, nesses últimos anos, com safras cheias, acaba tendo um valor proporcional do Produto Interno Bruto (PIB) muito significativo.
A maioria dos deputados da bancada gaúcha esteve, na última semana, participando da Expointer, em Esteio, onde conferiram a força do agronegócio do Rio Grande do Sul e os problemas que o setor enfrenta. Para um balanço da situação, conversei com o presidente da Frente Parlamentar da Agricultura (FPA), o gaúcho Alceu Moreira (MDB), que sintetizou a real situação dos produtores. O líder ruralista disse que o agro no Rio Grande do Sul, nesses últimos anos, com safras cheias, acaba tendo um valor proporcional do Produto Interno Bruto (PIB) muito significativo.
Custo mais caro
Para o parlamentar, "uma coisa importantíssima que está acontecendo nesses últimos tempos é que a tecnologia embarcada, que encarece muito o instrumental, os equipamentos, ela tem uma relação custo-benefício muito pesada. Então isso aumenta o volume de recursos, de dinheiro, porque custa mais caro".
Informação desencontrada
Na avaliação de Alceu Moreira, "a Expointer mostrou que o juro é muito elevado e, mesmo assim, os negócios cresceram 15%. O que significa dizer que alguma coisa na economia tem informação desencontrada".
Retomada da economia
Para Alceu Moreira, o produtor rural tem uma expectativa positiva futura em relação a isso. "Se tem uma venda de 15% a mais na Expointer, e se você trabalha com produto industrializado, é certo que a indústria vai ter que produzir 15% a mais." Então, na opinião do congressista, "isso significa, de certa forma, uma retomada da economia, o que não sublima todos os problemas que nós temos".
Arroz é o maior problema
"Aqui, no Rio Grande do Sul, com certeza, o arroz é o maior problema", afirmou Moreira, acrescentando que "o arroz está, em quatro anos consecutivos, com preço de custo maior do que o de venda". Argumenta que "os insumos do arroz são muito parecidos com os insumos do milho e da soja. E o arroz não é commodity, não tem o mesmo consumo. Então o produtor foi se endividando, se endividando, e, agora, ele não tem mais como plantar".
Subsidiar juros
"Nós estamos trabalhando", frisou o presidente da Frente da Agricultura e do Agronegócio, em relação ao Parlamento. Disse que "o Banco Central já comunicou, na semana passada, que em 8% ele consegue chegar, e nós, nesta semana, vamos tentar, por lá, ver se chegamos a 7%, para que os produtores possam ter acesso ao crédito". Só que tem um problema, alerta o deputado: "Tem um grupo de produtores que devem ao banco, e há outro grupo de produtores que já não estão mais no banco, já estão financiando com a revenda, e aí é preciso colocar isso também no processo de financiamento".
Juro compatível
Na opinião do parlamentar, "se não tiver uma solução para reintroduzi-lo no mercado produtivo, ou seja, conseguir juro compatível, fazer com que tenha acesso ao crédito, nós vamos fazer ao cidadão a maior injustiça que se pode fazer; é quebrar o cidadão com os silos cheios, quer dizer, ele produziu o máximo que ia produzir e mesmo assim quebrou".
Comentários CORRIGIR TEXTO
Edgar Lisboa
Edgar Lisboa
Notícias da capital federal e informações sobre projetos do Congresso Nacional e medidas do Palácio do Planalto, especialmente com interesse do Rio Grande do Sul estão na coluna Repórter Brasília. O jornalista Edgar Lisboa traz um resumo diário do que de mais importante acontece na tramitação do Legislativo e na movimentação da bancada federal gaúcha.