Porto Alegre, quarta-feira, 07 de julho de 2021.
Porto Alegre,
quarta-feira, 07 de julho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Limpeza urbana

- Publicada em 15h30min, 07/07/2021.

No aniversário da coleta seletiva, prefeitura de Porto Alegre lança campanha de educação ambiental

A coleta seletiva de resíduos é realizada em 100% das ruas que comportam a entrada de caminhões

A coleta seletiva de resíduos é realizada em 100% das ruas que comportam a entrada de caminhões


Alex Rocha/PMPA/JC
Para marcar o aniversário de 31 anos da coleta seletiva em Porto Alegre, comemorado nesta quarta, dia 7 de julho, a prefeitura inicia uma campanha de educação ambiental. Será distribuído um folheto impresso com a proposta é orientar a população sobre a correta separação e destinação dos resíduos recicláveis, orgânicos, rejeitos e especiais.
Para marcar o aniversário de 31 anos da coleta seletiva em Porto Alegre, comemorado nesta quarta, dia 7 de julho, a prefeitura inicia uma campanha de educação ambiental. Será distribuído um folheto impresso com a proposta é orientar a população sobre a correta separação e destinação dos resíduos recicláveis, orgânicos, rejeitos e especiais.
A iniciativa é da Equipe de Gestão e Educação Ambiental do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU), que hoje integra a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos.
Na capa do material, há espaço para marcar os dias e horários da coleta seletiva e domiciliar na rua de cada pessoa. O verso do panfleto tem informações sobre o descarte correto de diversos tipos de resíduos tais como eletrônicos, lâmpadas fluorescentes, pilhas e baterias, remédios vencidos, óleo de fritura e resíduos especiais.
O diretor-geral do DMLU, Paulo Marques, e o secretário de Serviços Urbanos, Marcos Felipi Garcia, destacam que a campanha tem também o objetivo de informar sobre a relação entre a separação feita em casa e o trabalho realizado nas Unidades de Triagem (UTs), onde os resíduos secos recolhidos pela prefeitura são triados e destinados para a reciclagem. A cidade possui 16 UTs, que reúnem cerca de 600 catadoras e catadores.
O que descartar na Coleta Seletiva (recicláveis) – Basicamente todos os materiais feitos de plástico, vidro, papel seco e metal. Entre eles, embalagens longa vida, arame, baldes, brinquedos, caixas em geral, caixa de pizza sem gordura, canos e tubos metálicos e em PVC, cobre, copos descartáveis, garrafas pet, latas de alumínio, raio-x, isopor, plástico filme, bisnagas plásticas de alimentos e clipes.

Confira a coluna Pensar a cidade sobre os resíduos orgânicos.

Histórico

A coleta seletiva iniciou em Porto Alegre no dia 7 de julho de 1990. O serviço foi ampliado em setembro de 2015, passando a atender três vezes por semana na maioria dos bairros beneficiados pela Coleta Automatizada. No restante da cidade, o caminhão realiza a coleta duas vezes por semana. Conforme a prefeitura, a coleta seletiva é feita em 100% das ruas que comportam a entrada do caminhão. Os roteiros são reprogramados para não coincidirem com os horários da Coleta Domiciliar.
Para verificar os dias e horários da coleta na sua rua, acesse aqui. O DMLU também conta com Postos de Entrega Voluntária de Resíduos Recicláveis (PEV), os endereços podem ser conferidos aqui.
Comentários CORRIGIR TEXTO