Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 07 de abril de 2021.
Dia do Jornalista. Dia Mundial da Saúde.
Porto Alegre,
quarta-feira, 07 de abril de 2021.
Notícia da edição impressa de 07/04/2021.
Alterada em 07/04 às 03h00min

Imposto de Renda

A Câmara Federal aprovou a prorrogação da declaração do Imposto de Renda de 2021, ano-base 2020 (Jornal do Comércio, edição de 01/04/2021). É uma boa ideia, pois a pandemia deixou muitas repartições, empresas e profissionais liberais desorganizados para dar e receber os comprovantes de pagamentos e recebimentos feitos no ano passado, quando a pandemia já atacava o Brasil. Com a prorrogação aprovada pelo Senado, espero que também seja aprovada pelo presidente da República. (Mauro Pereira de Castro Jr., Porto Alegre)
A Câmara Federal aprovou a prorrogação da declaração do Imposto de Renda de 2021, ano-base 2020 (Jornal do Comércio, edição de 01/04/2021). É uma boa ideia, pois a pandemia deixou muitas repartições, empresas e profissionais liberais desorganizados para dar e receber os comprovantes de pagamentos e recebimentos feitos no ano passado, quando a pandemia já atacava o Brasil. Com a prorrogação aprovada pelo Senado, espero que também seja aprovada pelo presidente da República. (Mauro Pereira de Castro Jr., Porto Alegre)
Bondes no Centro
Quem está aplaudindo a ideia de retorno dos bondes no Centro de Porto Alegre não deve ter morado nem transitado com frequência na época em que eles reinaram por ali. Era uma poluição sonora insuportável! Só quem viveu por lá, como foi o meu caso, sabe o que estou dizendo. (Manoel Luiz S. dos Santos)
Fernando Corona
Excelente o texto "Fernando Corona, o arquiteto das obras modernas de Porto Alegre" (Reportagem Cultural, caderno Viver, Jornal do Comércio, edição de 26/03/2021)! Brilhante! Obrigada pela aula. (Maria Duha-Klinger)
Vacinação
Muito bem fez a prefeitura de Porto Alegre em antecipar a vacinação para os que têm 65 anos. Poderia logo baixar para os que têm entre 10 e 65 anos. A vacinação em massa é que vai minorar os problemas, as mortes e a superlotação dos hospitais, como se verifica atualmente. (Maria do Carmo)
Aglomerações
Algumas incoerências são notadas nos decretos do governo do Estado ao estabelecer regras do que é e o que não é essencial no momento atual da pandemia. Lojas de roupas, eletrodomésticos, automóveis e varejo em geral, bares, lancherias, restaurantes entre muitos outros setores, que são geradores de emprego, renda e impostos, estão tendo seu funcionamento restrito aos horários mais absurdos e, em alguns casos, até impedidos de funcionar. Registre-se que todos esses segmentos do varejo e comércio estabeleceram rígidos protocolos para o controle da segurança de seus funcionários e clientes, funcionam na maioria com 50% de sua capacidade operacional, mantendo os padrões de distanciamento social, higienização dos ambientes, disponibilização de álcool gel, uso de máscaras, entre outros procedimentos. Mas, mesmo assim, respeitando toda a legislação vigente, são os que estão sendo responsabilizados pelo aumento de infectados e de mortes pela Covid-19, e pela falta de leitos de UTI nos hospitais gaúchos. Festas clandestinas aglomeram 100, 300, 500 ou mais pessoas e a fiscalização apenas encerra e interdita o local, nada mais. Na minha ótica, aglomeração é crime. (Celso Ferlauto, jornalista)
Comentários CORRIGIR TEXTO
Roberto Brenol Andrade
Roberto Brenol Andrade
A opinião dos leitores do Jornal do Comércio é publicada diariamente no espaço Palavra do Leitor.