Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 18 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 18 de julho de 2020.
Notícia da edição impressa de 17/07/2020.
Alterada em 17/07 às 03h00min

Reportagem Especial

"Sem público há 120 dias, crise desafia ícones da cena cultural" (Reportagem Especial, caderno Empresas&Negócios, Jornal do Comércio, 13/07/2020). A situação é crítica, mas o fato é que a Covid-19 é muito grave. Irresponsabilidade é uma casa de espetáculos abrir suas portas sem estar perfeitamente estruturada para o momento. Por enquanto, o espectador mais atento à doença vai adiar a sua presença nos teatros e correlatos. (Júlio César Cardoso Cardoso)
"Sem público há 120 dias, crise desafia ícones da cena cultural" (Reportagem Especial, caderno Empresas&Negócios, Jornal do Comércio, 13/07/2020). A situação é crítica, mas o fato é que a Covid-19 é muito grave. Irresponsabilidade é uma casa de espetáculos abrir suas portas sem estar perfeitamente estruturada para o momento. Por enquanto, o espectador mais atento à doença vai adiar a sua presença nos teatros e correlatos. (Júlio César Cardoso Cardoso)
Reforma tributária
A justificativa de quem ganha menos paga mais imposto, usada pelo governador Eduardo Leite (PSDB) na reforma tributária, não passa de populismo fiscal para tentar justificar mais tributação sobre o patrimônio. Quanto ao ITCD, a Exatoria estadual sempre superestima o valor dos imóveis, em geral mais do dobro do valor de mercado, o que faz com que o valor atual de 6%, na verdade vire mais de 12% na hora do contribuinte recolher o imposto. Que os deputados que não são esquerdistas rejeitem qualquer aumento sobre patrimônio e, sim, acabem e/ou diminuam os incentivos. (Rafael Alberti Cesa, Caxias do Sul)
Limpeza Urbana 
Agradecemos à leitora Cecília Cerqueira sobre o reconhecimento quanto à limpeza pública em Porto Alegre (Palavra do Leitor, Jornal do Comércio, 14/07/2020). Apesar das dificuldades causadas pela pandemia, as coletas de resíduos, as ações de limpeza urbana, varrição e corte de grama, executadas pelo Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU), estão mantidas. As equipes permanecem nas ruas com a determinação de extremos cuidados de prevenção, com o uso dos Equipamentos de Segurança Individuais (EPIs), a higiene constante das mãos e o afastamento de dois metros de distância entre os funcionários. Lembramos que a população deve redobrar a disciplina quanto ao descarte correto para proteger especialmente os garis e pessoas que trabalham na reciclagem. Luvas, máscaras e lenços umedecidos devem ser descartados na coleta de orgânicos e rejeito. Com consciência, conseguiremos vencer a pandemia. (Assessoria de Comunicação do DMLU)
 
Comentários CORRIGIR TEXTO
Roberto Brenol Andrade
Roberto Brenol Andrade
A opinião dos leitores do Jornal do Comércio é publicada diariamente no espaço Palavra do Leitor.