Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 22 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 22 de julho de 2020.
Notícia da edição impressa de 06/02/2020.
Alterada em 06/02 às 03h00min

Praças de pedágio

20-JCA005-DIG.pdf  Palavra do Leitor 06 02 2020

20-JCA005-DIG.pdf Palavra do Leitor 06 02 2020


/REPRODUÇÃO/DIVULGAÇÃO/JC
No Estado, mais cinco praças de pedágio serão instaladas em fevereiro (Jornal do Comércio, página 5, edição de 20/01/2020). Não sou contra as concessões, eis que, com elas, os serviços melhoram e muito. Mas cuidado com as tarifas. O pessoal está sem reajustes salariais ou com pequenos reajustes de vencimentos, quando têm. Mas, como o governo está quebrado, é bom mesmo fazer concessões. (Joelmar da Silveira, Rio Grande/RS)
No Estado, mais cinco praças de pedágio serão instaladas em fevereiro (Jornal do Comércio, página 5, edição de 20/01/2020). Não sou contra as concessões, eis que, com elas, os serviços melhoram e muito. Mas cuidado com as tarifas. O pessoal está sem reajustes salariais ou com pequenos reajustes de vencimentos, quando têm. Mas, como o governo está quebrado, é bom mesmo fazer concessões. (Joelmar da Silveira, Rio Grande/RS)
Protestos 
As passeatas de protesto, interrompendo o trânsito em vias de intenso movimento, têm causado frequentes e sérios transtornos a milhares de pessoas daqui e de outras localidades, que precisam trabalhar, resolver problemas em repartições públicas, atender a cirurgias, exames médicos etc. Recentemente, perto da Estação Rodoviária de Porto Alegre, assisti ao imensurável tumulto causado por um desses manifestos, com carros, caminhões e ônibus tendo que retornar aos pontos de onde partiram e outros sem poder sair do Centro para a periferia ou para fora da Capital. Vi até ambulâncias que tentavam acessar hospitais ficarem presas naquele colossal engarrafamento. Isso não pode ocorrer novamente. Os órgãos de inteligência das autoridades sabem antecipadamente de tais planos e têm que impedir sua execução fora de parques, praças ou locais assemelhados. O direito de livre trânsito está garantido em nossa legislação, e o interesse geral sobrepõe-se ao de grupos. (Adelino Soares, advogado)
Democracia
Fala-se tanto em democracia, mas pouco se pratica. É puro engano acreditar que nosso regime é democrático, onde os privilegiados só defendem seus interesses, ao contrário do que devia ser. Deveríamos ser todos iguais perante a lei, mas os criminosos de colarinho branco são imunes e impunes. Aprovarem lei de abuso de autoridade, isso sim que é um abuso de poder, se autodefenderem e esquecerem dos pobres mortais que diariamente sofrem esse abuso de autoridade através de leis e legislações esdrúxulas. Estão tripudiando com a inteligência do povo brasileiro. Lugar de ladrão é na cadeia, não importa o cargo ou a função. Juntos vamos salvar nosso País dessa raça de víboras. (Bruno Pedro Rech, Sarandi/RS)
Boate Kiss
Se a Boate Kiss estava funcionando normalmente é sinal que tinha autorização e alvarás em dia para tal, caso contrário, como a prefeitura de Santa Maria, o Corpo de Bombeiros e o Ministério Público permitiram que a boate funcionasse naquele estado? Não foram feitas todas as vistorias e fiscalizações necessárias para liberação da casa noturna? Não foram resolvidas as queixas da vizinhança relacionadas à perturbação do sossego, notificadas aos membros do Ministério Público através dos Termos de Ajustamento de Conduta? Por que essa casa noturna não estava interditada? (Newton Bittencourt dos Santos)
Comentários CORRIGIR TEXTO
Roberto Brenol Andrade
Roberto Brenol Andrade
A opinião dos leitores do Jornal do Comércio é publicada diariamente no espaço Palavra do Leitor.