Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 25 de julho de 2020.
Dia do Escritor. Dia do Motorista .

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 25 de julho de 2020.
Notícia da edição impressa de 26/09/2019.
Alterada em 26/09 às 03h00min

Saúde da Capital

O Instituto Municipal de Estratégia de Saúde da Família (Imesf) será fechado (Jornal do Comércio, página 22, edição de 24/09/2019) por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). Em consequência, a prefeitura foi obrigada a demitir 1.840 servidores regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). É claro que a falta de tanto pessoal ligado à saúde causou e ainda causa problemas. Mas ficar atacando só o prefeito me parece um pouco injusto. E o STF não tem responsabilidade? Chamou a prefeitura para analisar e dialogar e/ou o procurador-geral do município? (Bento Somali Correa, Porto Alegre)
O Instituto Municipal de Estratégia de Saúde da Família (Imesf) será fechado (Jornal do Comércio, página 22, edição de 24/09/2019) por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). Em consequência, a prefeitura foi obrigada a demitir 1.840 servidores regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). É claro que a falta de tanto pessoal ligado à saúde causou e ainda causa problemas. Mas ficar atacando só o prefeito me parece um pouco injusto. E o STF não tem responsabilidade? Chamou a prefeitura para analisar e dialogar e/ou o procurador-geral do município? (Bento Somali Correa, Porto Alegre)
Correios
O serviço dos Correios, ultimamente, é péssimo. E estão se superando. Uma encomenda por Sedex postada em São Paulo no dia 16 de setembro ainda não foi entregue ao destinatário. Isso que deveria ser 24 horas. No site dos Correios, para reclamação, exigem vários dados que o destinatário não possui (como o CNPJ do remetente) e, com isso, não se consegue registrar a reclamação. É por motivos iguais a esse que muitos querem a privatização dos Correios. (Antonio Luiz Bohnert)
Fundo partidário
Os parlamentares acabaram mesmo aprovando mais benfeitorias e facilidades no fundo partidário. Está errado. Segundo se sabe, até mesmo a prestação de contas poderá ser feita pelos partidos, que terão aberta novamente a possibilidade do caixa-2, quando pessoas e empresas dão dinheiro para alguns candidatos. Até quando o Brasil conviverá com essa anormalidade que é o fundo partidário? (Lígia Menezes da Silva)
Mega-Sena
Uma só pessoa ganhar a Mega-Sena no valor de R$ 120 milhões seria demais. A maioria dos brasileiros ficou contente, tenho certeza, pois foram 49 os que participaram do bolão e cada um receberá quase R$ 2,5 milhões. Fará a alegria de todos, não apenas de um. Bem que a Caixa Federal poderia instituir um segundo sorteio toda vez que o prêmio passasse de R$ 10 milhões. Muitos acertadores teriam um bom dinheiro, não só uma pessoa. (Reinaldo Guimarães, Porto Alegre)
Inflação
Arrecadação de impostos subindo 5,67% acima da inflação em 12 meses. Isso é prova definitiva de que a inflação oficial vem sendo manipulada pelo governo há muito tempo. Todas as aplicações de renda fixa estão na prática com juros negativos. E o governo com ameaças veladas de criação de algum imposto financeiro. Para proteger seu patrimônio, resta ao cidadão comprar dólares em bancos, pois ele acompanha a inflação real, como se tem visto com a subida do dólar neste ano. É a argentinização do Brasil chegando aos poucos. (Rafael Alberti Cesa, Caxias do Sul/RS)
Comentários CORRIGIR TEXTO
Roberto Brenol Andrade
Roberto Brenol Andrade
A opinião dos leitores do Jornal do Comércio é publicada diariamente no espaço Palavra do Leitor.