Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 05 de agosto de 2019.
Dia Nacional da Saúde/ Farmácia .

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Palavra do Leitor

Edição impressa de 05/08/2019. Alterada em 05/08 às 03h00min

Entrevista especial

Muito interessante a reflexão sobre os valores sociais ("Lucro dos empresários pode erradicar pobreza, afirma Ponte", Entrevista especial, Jornal do Comércio, 29/07/2019). Precisamos pensar sobre o que desejamos efetivamente para a nossa sociedade. (Eloah Kegler, comentário via Facebook do JC)
Muito interessante a reflexão sobre os valores sociais ("Lucro dos empresários pode erradicar pobreza, afirma Ponte", Entrevista especial, Jornal do Comércio, 29/07/2019). Precisamos pensar sobre o que desejamos efetivamente para a nossa sociedade. (Eloah Kegler, comentário via Facebook do JC)
Apicultura
Com preocupação, testemunha-se o decréscimo da produção melífera do Estado em decorrência dos agrotóxicos e similares utilizados nas lavouras rio-grandenses. É de reverenciar-se a memória de Frederico Augusto Hanemann, que trocou a Alemanha pelo Brasil, estabelecendo-se em São Leopoldo, pouco tempo depois transferiu-se para Rio Pardo, que apresentava melhores condições para o seu trabalho, fundando a Fazenda Abellina, transformando-se em pioneiro nacional da apicultura. O historiador Dante de Laytano, em seu Guia Turístico de Rio Pardo, assevera que Hanemann trouxe, na viagem ao Brasil, uma pequena caixa com algumas abelhas negras. Seus restos mortais jazem em sepultura à margem da RS-403, a 10 quilômetros de Rio Pardo. (Fernando Wunderlich, Advogado, Rio Pardo/RS)
Recessão
Precisamos sair do quadro atual e alcançar o crescimento econômico, único caminho para novos tempos. As reformas trabalhista e previdenciária são insuficientes. A área privada tem de receber, com medidas concretas, estímulo dos entes federados. A liberação de pequeno valor das contas do FGTS apenas permitirá atendimento de dívidas e, para alguns, escassas compras. (Jorge Lisbôa Goelzer, Erechim/RS)
Economia e confiança
Já se passaram mais de 200 dias da posse do presidente da República. Entretanto, em nada melhoraram nossos índices econômicos. E a confiança de empresários e investidores se esvazia diante de tantas celeumas, discussões estéreis e ofensas miúdas. (Ramiro Nunes de Almeida Filho, Porto Alegre)
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia