Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 05 de julho de 2019.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Palavra do Leitor

Edição impressa de 05/07/2019. Alterada em 05/07 às 03h00min

Viaduto Otávio Rocha

Desde 1988, o Viaduto Otávio Rocha, no Centro de Porto Alegre, é tombado pelo patrimônio histórico e cultural. Por conta disto, em 2010, em resposta a uma ação do Ministério Público, a juíza Rosana Garbin, da 4ª Vara da Fazenda Pública, ordenou a prefeitura a retirar os "elementos estranhos ao projeto original". Referia-se às coberturas metálicas das escadas internas que o colunista Fernando Albrecht criticou na coluna Começo de Conversa, página 3, edição do Jornal do Comércio de 03/07/2019. Assim, fiquei perplexo ao ler, na mesma coluna, no dia seguinte, resposta da Secretaria Municipal de Desenvolvimento informando que irá providenciar o reparo das estruturas. Por que, ao invés disso, a prefeitura não cumpre, finalmente, a determinação judicial, economizando dinheiro e resgatando a beleza de um de seus mais belos monumentos? (Auber Lopes de Almeida, jornalista, Porto Alegre)
Desde 1988, o Viaduto Otávio Rocha, no Centro de Porto Alegre, é tombado pelo patrimônio histórico e cultural. Por conta disto, em 2010, em resposta a uma ação do Ministério Público, a juíza Rosana Garbin, da 4ª Vara da Fazenda Pública, ordenou a prefeitura a retirar os "elementos estranhos ao projeto original". Referia-se às coberturas metálicas das escadas internas que o colunista Fernando Albrecht criticou na coluna Começo de Conversa, página 3, edição do Jornal do Comércio de 03/07/2019. Assim, fiquei perplexo ao ler, na mesma coluna, no dia seguinte, resposta da Secretaria Municipal de Desenvolvimento informando que irá providenciar o reparo das estruturas. Por que, ao invés disso, a prefeitura não cumpre, finalmente, a determinação judicial, economizando dinheiro e resgatando a beleza de um de seus mais belos monumentos? (Auber Lopes de Almeida, jornalista, Porto Alegre)
Buracos
Finalmente vejo que a ofensiva da prefeitura para tapar a buraqueira em Porto Alegre chegou no bairro Auxiliadora. Algumas vias importantes do bairro tinham autênticas crateras traiçoeiras para os motoristas e vejo que estão agora tapadas. Parabéns à Smov! Sou do tempo em que cabia à Secretaria Municipal de Obras e Viação, justamente a Smov, fazer obras e, mais ainda, reparar as vias públicas de Porto Alegre. E era um bom trabalho, quase que permanente, pois buracos sempre existiram, pelo uso contínuo das pistas. (Rildo Baunter, Porto Alegre)
Privatizações
O ideal seria termos empresas públicas fazendo um bom trabalho. No entanto, o que se verifica não é bem isso. Daí está vindo uma nova onda privatista do governo de Jair Bolsonaro (PSL), seguido por Eduardo Leite (PSDB), no Rio Grande do Sul. Só espero que as empresas que assumirem, principalmente a Trensurb, façam um bom trabalho. E sem aumentar as tarifas, que ficaram defasadas por anos, acarretando grande prejuízo à empresa. (Getúlio Ferreira, Porto Alegre)
Privatizações II
Privatizar empresas públicas tudo bem. Mas, espero que os direitos dos atuais servidores sejam bem garantidos, na forma da lei. (Celso Gunter)
Vacinas
Não entendo como ainda tem pai e mãe que têm medo de vacinar seus filhos contra gripes e sarampos. Mas, não surpreende, quando até o soberbo Ruy Barbosa disse que "não colocaria veneno em seu corpo", irritado com a campanha do maior sanitarista que o Brasil já teve, Oswaldo Cruz, e que custou para convencer os cariocas, em primeiro lugar, a se vacinarem contra a gripe mortal, a Influenza, a Gripe Espanhola, que mata até hoje. Parem com estas besteiras e vacinem seus filhos, antes que seja tarde! (Stela Monteclaro, Porto Alegre)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia