Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 28 de julho de 2020.
Dia do Agricultor .

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 28 de julho de 2020.
27/06/2019 - 03h21min.
Alterada em 27/06 às 03h00min

Free shops no RS

Finalmente a Receita Federal liberou free shops na fronteira do Brasil, incluindo o RS (Página 6, edição de 24/06/2019 do Jornal do Comércio). Já era uma tradição que os gaúchos aproveitassem os feriadões e fossem até Uruguaiana, Jaguarão e Barra do Quaraí fazer compras. Isso prejudicava o comércio do lado brasileiro. Uma boa ideia, mesmo que aplicada tardiamente. (Ricardo Manfroi, Jaguarão/RS)
Finalmente a Receita Federal liberou free shops na fronteira do Brasil, incluindo o RS (Página 6, edição de 24/06/2019 do Jornal do Comércio). Já era uma tradição que os gaúchos aproveitassem os feriadões e fossem até Uruguaiana, Jaguarão e Barra do Quaraí fazer compras. Isso prejudicava o comércio do lado brasileiro. Uma boa ideia, mesmo que aplicada tardiamente. (Ricardo Manfroi, Jaguarão/RS)
Dívidas
O Banco do Nordeste concedeu desconto de 95% na dívida dos produtores rurais seus clientes. A força do capitalismo de estado brasileiro, fonte primária de corrupção e negócios escusos entre amigos, aliados e parentes. O Banco do Nordeste já regularizou R$ 11,4 bilhões em dívidas de produtores rurais com os benefícios da Lei 13.340/2016. O instrumento prevê descontos de até 95% sobre o saldo devedor e é válido até dezembro de 2019. (Ricardo Bergamini, analista financeiro)
Turismo em Porto Alegre
Parabéns à prefeitura de Porto Alegre, por criar programa especial de atendimento aos turistas durante os jogos da Copa América em Porto Alegre. Nossa cidade, além do mau aspecto das pichações - nem a histórica Igreja Conceição escapou, está que é um pavor! - temos ruas sem placas, casas sem números, calçadas esburacadas - responsabilidade dos proprietários, não da prefeitura - número das moradias e prédios comerciais escondidos, a sujeira toma conta das sarjetas, também por culpa dos porto-alegrenses. Fazer turismo aqui como? Sem esquecer da absoluta insegurança nos parques, mesmo nos dois maiores e mais frequentados, Redenção e Parcão. No Parcão, pelo menos à noite tenho visto uma viatura da Brigada estacionada na esquina junto ao monumento a Castelo Branco. Poderia ter outra, lá em cima, antes da ladeira. Na Redenção, constatei, dias desses, um ônibus da Brigada perto do Auditório Araújo Vianna. É bom que assim continue. (Victor de Castro Menezes, Porto Alegre)
Pintura
Há anos, Porto Alegre teve uma bela campanha para que os proprietários de moradias, de edifícios, casas e mesmo lojas comerciais pintassem as suas fachadas. Milhares de porto-alegrenses aderiram à iniciativa, com patrocínio de fabricantes de tintas, e a cidade ficou com uma visão bem melhor. Penso que é o caso de que venha uma nova campanha, nesse sentido. Porto Alegre está feia, suja e muito pichada por vagabundos que não têm o que fazer. (Telmo Vieira de Castro, Porto Alegre)
Trânsito
Pelo noticiário, parece que nunca se vendeu tanto automóvel no Brasil como no início deste 2019. Mas, a educação no trânsito continua um pavor. São mortes e mais mortes, especialmente nos chamados feriadões. E o presidente Jair Bolsonaro (PSL) ainda quer tirar a obrigação das cadeirinhas para crianças nos veículos. Será um grande erro, espero que desista. (Marcelo Viegas Sobreira, Campo Bom/RS)
Comentários CORRIGIR TEXTO
Roberto Brenol Andrade
Roberto Brenol Andrade
A opinião dos leitores do Jornal do Comércio é publicada diariamente no espaço Palavra do Leitor.