Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 24 de maio de 2019.
Dia Nacional do Café.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Palavra do Leitor

Edição impressa de 24/05/2019. Alterada em 24/05 às 03h00min

Largo dos Açorianos

Enfim, mais uma promessa de entrega das melhorias no Largo dos Açorianos. Ali onde está a Ponte de Pedra, construída pelo ainda Barão de Caxias, quando era interventor na Província, nomeado pelo imperador D. Pedro II, após a Guerra dos Farrapos. Agora, veremos o local até o final de maio (Jornal do Comércio, página 18, edição de 17/05/2019). Só acredito quando for lá e ver a obra pronta, sem tapumes... (Marli Contreras, Porto Alegre)
Sinalização
Aproveitando a decisão do prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB) de pavimentar diversas vias da Capital que estão muito esburacadas, sugiro também a sinalização horizontal. As faixas pintadas demarcando rotas para os veículos e espaçamento em ruas e avenidas ajudam para evitar abalroamentos e mesmo choques. E pintar não custa caro. (Marco Aurélio Ribas, Porto Alegre)
Escuridão
Que venha logo uma Parceria Público-Privada da prefeitura com alguma empresa interessada em iluminar melhor Porto Alegre. Tem ruas em que eu passo, mesmo de automóvel, e que me dão medo, tal a falta de iluminação. Mais luminárias do tipo led ajudariam na segurança dos pedestres e motoristas. (Maria Luiza Santos, Porto Alegre)
Cais Mauá
Que novela essa do Cais Mauá, que se arrasta há décadas e sem nenhuma solução à vista. Desativaram o porto da Capital e ele está abandonado há tempos. Reuniões, anúncios, falas, promessas, bem ao estilo brasileiro. Mas, fazer alguma coisa, nada. Até quando? (Marco Antônio Ribeiro)
GeraçãoE
Herdeira da rede Maquiné decide abrir o próprio negócio de doce (caderno GeraçãoE, Jornal do Comércio, 23/05/2019). Que beleza, aparência de ser delicioso. Sucesso no projeto. (Bruno Valente)
Recessão
O Brasil entrou em recessão. Os números oficiais do IBGE estão indicando isso, o que só aumentará o desemprego. Lastimável que isso aconteça, com os milhões de desempregados que temos. Tão cedo não teremos novas vagas para os brasileiros que buscam uma colocação. (Júlio Nascimento Farias)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia