Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 17 de agosto de 2018.
Dia do Patrimônio Histórico.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Palavra do Leitor

Edição impressa de 17/08/2018. Alterada em 17/08 às 01h00min

Sarampo

Quando criança, tive sarampo, coqueluche, varicela e até a então chamada de febre tifoide, derivada do tifo. Morava em uma quadra, nos anos de 1950, em que havia dois médicos. Era amigo dos filhos deles, e minha mãe, quando ia à casa deles, mandava eu dizer que estava, por exemplo, com sarampo. Um dia, com sarampo, fui visitar um dos filhos de um dos médicos e entrei correndo (bons tempos, se ia na casa das pessoas a qualquer hora...). Lembrando-me do aviso que a minha mãe recomendara, parei e disse-lhe. Doutor, a mãe mandou eu lhe dizer que estou com sarampo. Ele, que abrira a porta, pensou por instantes e respondeu: entra logo, só assim tu imuniza todos eles (tinha seis filhos, o maior com 14 anos). Outros tempos, outros médicos, outra medicina? Que eu saiba, nenhum filho dele "pegou" sarampo de mim... Agora, há um pavor por conta do sarampo. (Renato Vieira, Porto Alegre)
Freeway
Na suspeita dos serviços de manutenção desta importante rodovia gaúcha, além da esperteza da concessionaria que atuava sem maiores fiscalizações do Dnit, fez o mais barato, embora durante 21 anos se beneficiou de altas receitas e deveria ter feito o melhor para os usuários que pagavam, e muito bem, os pedágios. Isso deve dar uma boa investigação e auditoria, para buscar as responsabilidades e o devido ressarcimento pelo que não foi feito. Assim também a duplicação da BR-101, um fiasco de construção. (Ramiro Nunes de Almeida Filho, Porto Alegre)
Presidentes gaúchos
Todos citam presidentes gaúchos a partir de 1964. Mas esquecem de Getúlio Vargas, que depôs Washington Luiz em 1930, ficou no poder até 1945 e voltou por eleição, em 1950, quando se suicidou, em 1954. (Marco Antônio Caldas)
EPTC
Muito boas as campanhas da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) para prevenir também os pedestres para que tenham cuidado, atravessem só nas faixas de segurança, e evitando atravessar falando ao celular ou com fones de ouvido paras se deliciar - e distrair mais ainda - com música. Isso é um perigo, mas já virou rotina muito perigosa. (Telmo Fioravante, Porto Alegre)
Trânsito
O trânsito em Porto Alegre está cada dia pior. Muitos motoristas não respeitam sinais fechados, dobram à esquerda onde é proibido e param em fila dupla. Mas também muitos pedestres atravessam nas faixas de segurança ignorando que, para eles, o sinal está fechado. Tem que haver mais campanhas de conscientização no trânsito. (Nair Ferreira, Porto Alegre)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia