Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 06 de julho de 2018.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Palavra do Leitor

Notícia da edição impressa de 06/07/2018. Alterada em 06/07 às 01h00min

Freeway

Como sempre, os órgãos públicos, os governos, não têm planejamento. Como deixar a freeway encerrar as atividades por falta de renovação de contrato? Preços - pedágios - altos? Então era uma questão de acertar apenas. Ou lançar edital para nova concessionária. A melhor rodovia federal do Brasil está com as cancelas abertas, sem controle algum e cerca de 400 funcionários vão perder o emprego. Pode isso? (Jorge de Figueiredo, Imbé/RS)
Economia
Que a economia brasileira está quase parada há mais de dois anos, só não vê quem não quer. Até serviços prosaicos como barbeiros, cabeleireiros e outros têm pouca clientela, quando têm. É falta de vencimentos pagos em dia, é falta de empregos, são milhões desempregados e sem renda nenhuma. Nunca pensei que veria o Brasil nesta situação. (Marco Aurélio de Castro, Guaíba/RS)
Violência em Pelotas
Uma cidade que já foi muito pacata, Pelotas já registra, em 2018, 57 homicídios. No final de junho, um homem foi executado com 17 tiros, enquanto um jovem foi morto a pauladas. Isso é algo que se registre em uma cidade bonita, moderna e com uma bela história? Não, é algo desprezível e nos faz perder a fé nos seres humanos. (Maria da Graça Hennigere, Pelotas/RS)
Incoerência
Militantes da esquerda costumam dizer que foi um grande sindicalista que sempre defendeu a classe trabalhadora lutando por melhores salários para todos. Agora criticam o pré-candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL), dizendo que ele foi um mau exemplo de militar, porque no tempo de capitão do Exército, época do regime militar, foi punido por se insurgir contra os escalões superiores, criticando o baixo nível dos soldos dos militares, que realmente estavam defasados. Para esses fanáticos, lutar em defesa de sua categoria profissional só é algo meritório se for através do peleguismo dos sindicatos sanguessugas da classe operária. (Lino Tavares, jornalista)
Aliança para inovação
Em relação à matéria Mapeamento vai traçar cenário para a inovação em Porto Alegre (Jornal do Comércio, edição de 05/07/2018), é uma excelente iniciativa, tem de se estender por todo o Estado, de norte a sul e leste a oeste. Tem muitas regiões do Rio Grande do Sul paradas no tempo. Em Santa Catarina e Paraná, praticamente todas as regiões são desenvolvidas. (Jeferson Luiz Pereira)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia