Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 03 de junho de 2021.
Corpus Christi. Dia Mundial do Administrador de Pessoal.
Porto Alegre,
quinta-feira, 03 de junho de 2021.

Alterada em 03/06 às 22h36min

O corpo do Senhor

Por Dom Jaime Spengler, arcebispo de Porto Alegre e primeiro vice-presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB)
Por Dom Jaime Spengler, arcebispo de Porto Alegre e primeiro vice-presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB)
“Pasme o homem todo, estremeça a terra inteira, rejubile o céu em altas vozes quando, sobre o altar, estiver nas mãos do sacerdote o Cristo, Filho de Deus vivo! Ó grandeza maravilhosa, ó admirável condescendência! Ó humildade sublime, ó humilde sublimidade! O Senhor do universo, Deus e Filho de Deus, se humilha a ponto de se esconder, para nosso bem, na modesta aparência de pão… Nada de vós retenhais para vós mesmos, para que totalmente vos receba quem totalmente se vos dá” (Francisco de Assis).
O Corpo e o Sangue do Senhor são o sinal presente da comunhão viva e total do Cristo com o humano. É o Sacramento do Senhor que se entrega para comungar com todos, sem excluir ninguém. Comungar o Corpo e o Sangue do Senhor na Eucaristia, participar ativamente da celebração, é também comungar com os membros deste Corpo: jovens e velhos, homens e mulheres, ricos e pobres…
Santo Agostinho, comentando o mistério da Eucaristia, diz: “Se vocês são o corpo e os membros de Cristo, é o sacramento de vocês que é colocado sobre a mesa do Senhor. É o sacramento de vocês mesmos que vocês recebem. Vocês respondem ‘Amém’ (‘sim, é verdade’) àquilo que recebem, e subscrevem ao responder. Vocês ouvem esta palavra: ‘o Corpo de Cristo’, e respondem: ‘Amém’. Vivam, pois, como um membro de Cristo, para que o Amém de vocês seja verdadeiro. (...) Ó sacramento da piedade! Ó sacramento da unidade! Ó vínculo da caridade!”.
Nestes dias, a comunidade católica celebra a solenidade do Corpo do Senhor. Em muitos lugares, o Santíssimo Corpo do Senhor é levado pelas ruas numa bela demonstração de fé. Há quem ornamenta as ruas e janelas das casas por onde a procissão passa. Tais práticas são fruto de uma rica tradição de fé.
Neste ano, mais uma vez, à causa da pandemia do coronavírus, não será possível realizar manifestações públicas de fé na presença real de Cristo nas Espécies Sagradas. Contudo, mais importante do que participar de uma procissão, é ter fome de Jesus, e assim, continuamente, buscá-lo no mais íntimo de nós mesmos. Abrir-nos à sua verdade para que sejamos marcados pelo seu Espírito. Permitir que ele nos oriente, ilumine e transforme aspectos de nossa vida pessoal e social que ainda não foram verdadeiramente evangelizadas.
Dom Leomar Brustolin, bispo auxiliar da Arquidiocese de Porto Alegre, é nomeado arcebispo de Santa Maria (RS) - Na manhã de quinta-feira, 2 de junho, 12h no horário de Roma e 7h no horário local, Papa Francisco nomeou o bispo auxiliar de Porto Alegre, Dom Leomar Antônio Brustolin, como o novo arcebispo de Santa Maria, substituindo Dom Hélio Adelar Rupert, agora arcebispo emérito. A Arquidiocese de Porto Alegre agradece o trabalho de Dom Leomar junto ao seu povo e roga a Deus que abençoe sua nova missão. Dom Jaime Spengler, arcebispo Metropolitano, manifesta gratidão e apoio ao irmão no episcopado pelo trabalho e empenho nestes seis anos de trabalho e dedicação. Assista ao vídeo no qual Dom Leomar se apresenta ao povo da Arquidiocese de Santa Maria, que reúne 26 municípios da região central do Estado e saiba mais acessando o link ao lado: https://bit.ly/2RXcX2Q
Papa celebra missa de Corpus Christi na Basílica de São Pedro - O Departamento para as Celebrações Litúrgicas Pontifícia, comunicou na manhã de segunda-feira (31) que o Papa Francisco presidirá a celebração da solenidade de Corpus Christi no próximo domingo, 6 de junho. A Santa Missa será no Altar da Cátedra da Basílica de São Pedro às 17h30 horário de Roma (12h30 horário de Brasília) e será transmitida com comentários em português no Vatican News e suas redes sociais. Assim como em 2020, a presença de fiéis na Basílica será em número limitado. Na homilia de Corpus Christi de 2020, o Papa Francisco com uma belíssima imagem nos explicou o Corpus Christi: “Deus deixou-nos um memorial! Não nos deixou só a Escritura, porque é fácil esquecer o que se lê. Não nos deixou apenas sinais, porque se pode esquecer também o que se vê. Deu-nos um Alimento, e é difícil esquecer um sabor. Deixou-nos um Pão em que está Ele, vivo e verdadeiro, com todo o sabor do seu amor. Foi por isso que Jesus nos pediu: ‘Fazei isto em memória de Mim’. Fazei. A Eucaristia não é simples lembrança; é um fato: é a Páscoa do Senhor, que ressuscita para nós. Na Missa, temos diante de nós a morte e a ressurreição de Jesus. Fazei isto em memória de Mim: reuni-vos e, como comunidade, como povo, como família, celebrai a Eucaristia para vos lembrardes de Mim. Não podemos passar sem ela, é o memorial de Deus. E cura a nossa memória ferida“. Para assistir à missa no domingo (6), acesse: https://www.facebook.com/vaticannews.pt
O Papa reforma as sanções penais na Igreja - "Apascentai o rebanho de Deus, que vos foi confiado, cuidando dele, não como por coação, mas de livre vontade, como Deus o quer” (cf. 1Pd 5,2). Com estas palavras do apóstolo Pedro inicia a Constituição Apostólica "Pascite Gregem Dei", com a qual o Papa Francisco reforma o Livro VI do Código de Direito Canônico sobre as sanções penais na Igreja. A emenda entrará em vigor a partir de 8 de dezembro próximo. O novo texto - afirma o Pontífice - é um "instrumento salvífico e corretivo mais ágil, a ser empregado prontamente e com caridade pastoral para evitar males mais graves e para acalmar as feridas causadas pela fraqueza humana". De fato, "muitos danos foram causados pela incapacidade de perceber a relação íntima existente na Igreja entre o exercício da caridade e o recurso, onde as circunstâncias e a justiça o exigem, à disciplina das sanções". Foram introduzidas “modificações de vários tipos na lei em vigor" e "algumas novas infrações penais". Além disso, o texto - explica o Papa - também foi melhorado "do ponto de vista técnico, especialmente no que diz respeito aos aspectos fundamentais do direito penal, como o direito de defesa, a prescrição da ação penal, uma determinação mais precisa da punição" oferecendo "critérios objetivos na identificação da sanção mais apropriada a ser aplicada no caso concreto", reduzindo a discricionariedade por parte da autoridade, de modo a favorecer na aplicação penal a unidade eclesial, especialmente para crimes que causam maiores danos e escândalos na comunidade. Saiba mais acessando o link: https://bit.ly/3yW1Mrv
Comentários CORRIGIR TEXTO
Dom Jaime Spengler
Dom Jaime Spengler
A Arquidiocese de Porto Alegre renova sua tradicional coluna no Jornal do Comércio, antes intitulada "A Voz do Pastor", e passa a chamá-la "Olhar da Fé", com publicação exclusiva na versão online do veículo. Todas as quintas-feiras, Dom Jaime Spengler, arcebispo de Porto Alegre, ou um dos bispos auxiliares trarão a visão do sagrado sobre temas importantes para a sociedade.