Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 05 de maio de 2021.
Dia Nacional das Comunicações.
Porto Alegre,
quarta-feira, 05 de maio de 2021.

Alterada em 05/05 às 16h21min

Reconhecer e agradecer no Dia das Mães

Por Dom Jaime Spengler, arcebispo de Porto Alegre e primeiro vice-presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).
Por Dom Jaime Spengler, arcebispo de Porto Alegre e primeiro vice-presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).
Neste final de semana vamos celebrar o Dia das Mães. Data dedicada àquelas mulheres que acolheram o dom da maternidade e a ele corresponderam.
A maternidade insere a mulher numa relação específica. Ela mergulha nas raízes mais secretas da vida e emerge, depois da experiência da maternidade, transformada e renascida. Não se pode isolar a mulher-mãe dos relativos contextos familiares e da relação entre pai e filho.
Mãe é mais do que uma mera figura física com a qual estamos ligados afetivamente por toda a vida. Merece destaque estudos realizados no último século, detalhando os percursos do psiquismo infantil nas etapas de seu desenvolvimento e o quanto é importante o sentimento humano de acolhimento, amor e proteção que a mãe proporciona para o futuro do fruto de suas entranhas.
A celebração do Dia das Mães representa um convite a fazer memória da carinhosa presença materna em nossa história pessoal e familiar.
Todos nós tivemos uma mãe que nos gerou; também nos educou e encaminhou para a vida social adulta. Dela recebemos uma determinação biológica e psicológica, tipificando nossa personalidade.
É comum a muitos viajar nesta data para estar juntos à “mãe querida”. É uma forma carinhosa de reconhecer e agradecer a vocação materna.
Reconhecer e agradecer:
“Obrigado a ti, mulher-mãe, que te fazes ventre do ser humano na alegria e no sofrimento de uma experiência única, que te torna o sorriso de Deus pela criatura que é dada à luz, que te faz guia dos seus primeiros passos, amparo do seu crescimento, ponto de referência por todo o caminho da vida.
Obrigado a ti, mulher-esposa, que unes irrevogavelmente o teu destino ao de um homem, numa relação de recíproco dom, ao serviço da comunhão e da vida.
Obrigado a ti, mulher-filha e mulher-irmã, que levas ao núcleo familiar, e depois à inteira vida social, as riquezas da tua sensibilidade, da tua intuição, da tua generosidade e da tua constância. (...)
Obrigado a ti, mulher, pelo simples fato de seres mulher! Com a percepção que é própria da tua feminilidade, enriqueces a compreensão do mundo e contribuis para a verdade plena das relações humanas” (S. João Paulo II).
Paróquia Santa Luzia, de Porto Alegre, inicia campanha para reforma - A Paróquia Santa Luzia, localizada no bairro Cavalhada, zona sul de Porto Alegre, está passando por reformas e precisa da sua colaboração. Recentemente, lançou a campanha #SouMaisIgreja, que visa arrecadar o valor necessário para a troca do forro da igreja, iluminação e climatização. Nesta primeira etapa da campanha, a paróquia deu início à instalação da nova iluminação. O valor foi parcelado pelo pároco, Padre Rogério Ferraz de Andrade, em 14 vezes de R$1.950,00. Para ajudar é possível assumir a doação de uma parcela. Como forma de agradecimento, o doador poderá optar pela colocação do seu nome por meio de uma placa na paróquia ou uma placa com o nome da família ou "in memoriam". Formas de colaborar:
- Depósito em conta bancária
Caixa Econômica Federal, agência 0436, operação 003, conta corrente 0783-3
- Transferência via Pix
Chave Pix: CNPJ 92 858 000 0150 96
Nome: Paróquia Santa Luzia
Outras informações pelo whatsapp (51) 99930-5789 ou no facebook da paróquia.
CNBB retransmite maratona de oração pelo fim da pandemia pedida pelo Papa - A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) vai retransmitir, em suas redes sociais, 4 dias da “maratona” de oração no mês de maio para invocar o fim da pandemia, que aflige o mundo há mais de um ano, e para a retomada das atividades sociais e de trabalho, a pedido do Papa Francisco. A abertura e o fechamento, dias 1º e 31 de maio, com tradução para o português, contará com a presença do Papa Francisco, no Vaticano. E no dia 6 de maio, a oração será no Santuário de Aparecida (SP). O horário de transmissão será a partir das 12h55 no horário de Brasília (18h do Vaticano). Acompanhe pelas redes sociais da CNBB no Facebook.
“O mundo das finanças” é tema da videomensagem da intenção de oração para este mês de maio - Finanças justas, inclusivas e sustentáveis é o pedido do Papa Francisco na intenção de oração deste mês de maio, divulgada na terça-feira (4), na mensagem de vídeo do Pontífice. Na intenção intitulada "O mundo das finanças", o Santo Padre pede um mundo financeiro que cuide das pessoas. Enquanto a economia real, a que cria emprego, está em crise, com tanta gente sem trabalho, os mercados financeiros nunca estiveram tão inflacionados como agora. Quão longe está o mundo das grandes finanças da vida da maioria das pessoas! "As finanças, se não estiverem regulamentadas, tornam-se pura especulação reforçada por algumas políticas monetárias. Essa situação é insustentável. É perigosa", afirma o Papa, que já advertiu isso na Encíclica Fratelli tutti, denunciando "interesses de poder" que levam à criação de "uma nova cultura a serviço dos mais poderosos", na qual "os pobres são os que sempre perdem". “Para evitar que os pobres voltem a pagar as consequências, a especulação financeira deve ser estritamente regulamentada. Especulação. Quero sublinhar esse termo. Que as finanças sejam instrumentos de serviço, instrumentos para servir as pessoas e cuidar da casa comum!”. Para assistir ao vídeo acesse: https://youtu.be/3ZV2JIx_5zc.
Comentários CORRIGIR TEXTO