Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 11 de março de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 11 de março de 2021.

Alterada em 11/03 às 15h04min

Compreender o essencial da fé cristã

Por Dom Jaime Spengler, arcebispo de Porto Alegre e primeiro vice-presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB)
Por Dom Jaime Spengler, arcebispo de Porto Alegre e primeiro vice-presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB)
A complexidade do tempo presente, com suas diversificadas crises, forja classificações e padronizações, por vezes precipitadas. Surgem assim ideologias que não admitem ser surpreendidas pela verdade.
Há uma anedota francesa, que ilustra o modo com que aqui denominamos ideologia. O presidente francês General De Gaulle visitava, juntamente com o seu Ministro da Cultura Malraux, uma exposição de arte moderna. Diante de um quadro de rostos inteiramente desfigurados, o general começou a rir. Malraux discretamente lhe dá uma cotovelada e lhe sussurra aos ouvidos: “Senhor presidente, isto é Picasso!” E de Gaulle se recompondo, a sério: “Hum, oh, Picasso!” E assim, quadro por quadro: riso zombeteiro, cotovelada, sussurro de censura: “Mas, Senhor presidente, isto é Matisse, (...) Klee, (...) Kandinsky (...)” De repente, De Gaulle, diante de uma escultura vermelha, estranha, feita de tubos, prende a respiração numa pose de admiração e respeito e, em esperando a cotovelada “ministerial”, está prestes a exclamar “Hum...Oh!...” Malraux lhe dá um empurrão, percebendo a proximidade dos repórteres e o conduz para o seguinte quadro, sussurrando-lhe irritado: “...Mas...General! Isto ali é um hidrante!”
A anedota pode ser de auxílio para iluminar o que significa compreender um dado, situação, pessoa ou realidade, e apontar para a necessidade de disposição para a escuta e o silêncio, qual caminho para promover autênticos espaços de diálogo.
O tempo da quaresma convida a uma “viagem” para o essencial da fé cristã. Tal viagem exige abertura de mente e coração, disposição para se deixar interpelar pelo que verdadeiramente importa.
O discípulo de Cristo tem como parâmetro o Evangelho, lido e interpretado no seio da comunidade de fé. Ele não precisa temer polêmicas efêmeras desinteressadas do núcleo da fé cristã.
Compreender o núcleo da fé permite distinguir entre o que é essencial, e o que pode, talvez, ser considerado acidental.
Seminário de Viamão realiza rito de admissão e seminaristas retomam atividades - No dia 27 de fevereiro, os seminaristas Gustavo Ávila, Marcelo Ramos, Marcelo Bihre e Miguel Endres foram admitidos às Ordens Sacras pelo arcebispo de Porto Alegre, Dom Jaime Spengler, com a presença reduzida de alguns familiares e a participação dos seminaristas residentes. O rito de admissão às Ordens Sacras destina-se aos que aspiram ao Diaconado e, posteriormente, ao Presbiterado para que manifestem publicamente a sua vontade de se doar a Deus e à Igreja, para exercer a Ordem Sagrada. A Igreja, aceitando esta doação, escolhe-o e chama-o, a fim de se preparar para receber a Sagrada Ordem, passando assim a ser contado legitimamente entre os candidatos ao Diaconado e ao Presbiterado. O Seminário Maior de Viamão retomou suas atividades no dia 17 de fevereiro e para a abertura do semestre foi realizada a Missa de Cinzas presidida pelo reitor, padre José Flach. No início de dezembro do ano passado, os seminaristas saíram em férias para reencontrar suas famílias, descansar e conviver com sua comunidade de origem. Entre os dias 18, 19 e 20 de fevereiro todos participaram da formação de férias, com temas propostos pelos próprios seminaristas (discipulado - Filosofia): Civilização e Fé Cristã (professor Elton Somensi de Oliveira, professor da PUCRS), Teologia Espiritual Patrística (pe. Felipe Konzen, reitor do Seminário de Novo Hamburgo), Revelação e Filosofia (professor Draiton Gonzaga de Souza, decano da Escola de Humanidades da PUCRS). A configuração (Teologia) teve como temas: Projeto Pastoral (com pe. Rafael Fernandes), Prática Litúrgica (pe. Luciano Massulo) e Antropologia Teológica (com Dom Leomar). No dia 21, os seminaristas iniciaram o retiro anual, realizado no Cecrei, em São Leopoldo, com término no dia 25 de fevereiro e as aulas tiveram início no dia 3 de março, no formato online. Completos os estudos filosóficos na Etapa do Discipulado (com o auxílio do padre Rafael Martins e do padre Carlos Steffen) os seminaristas autorizados começam os estudos teológicos (com o auxílio do padre José Flach). “Esse tempo de pandemia tem gerado preocupações, angústias, mas também reflexões e aspirações acerca de como ser seminarista nesse tempo, de como ‘fazer pastoral’ e de estar junto do povo de Deus. Da mesma forma, como ser os futuros padres no pós-pandemia”, falou o reitor, padre José Flach, sobre as reflexões que o tempo atual tem gerado nos seminaristas. “Esse tempo mostra que é preciso ser, de fato, homens de Deus que apresentam a verdadeira esperança que é Jesus Cristo. Aquele que ‘olhou e chamou’ a cada um de nós. Desta forma, um chamado vocacional em vista de uma entrega total à Providência Divina. Em tempo de isolamento e distanciamento, permanecemos próximos de todos através de nossas orações, nas quais rezamos por todos irmãos e irmãs de nossa arquidiocese”, concluiu padre Flach. Acesse e leia a matéria na íntegra: https://bit.ly/3blpGTH
Aberto o credenciamento de jornalistas para a 58ª Assembleia Geral da CNBB - A Assessoria de Comunicação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) abriu o credenciamento para veículos e jornalistas que desejam cobrir a 58ªAssembleia Geral da entidade. O credenciamento estará aberto até o dia 9 de abril por meio do seguinte formulário online: https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=BlpvaF6EX0etkdW9PG9jwX4XUFpg6EdAom9ZKwhWJd1UQTRTTDc0VkIzTVlYQVZXQTcyTjFSNlNQQi4u. Neste ano de 2021, a Assembleia Geral da CNBB ocorrerá de forma virtual, por conta da pandemia do novo coronavírus, e também será mais breve. Os bispos estarão reunidos de 12 a 16 de abril com atividades em dois períodos: manhã e tarde. O tema central diz respeito ao Pilar da Palavra proposto pelas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE 2019-2023). Mesmo sem a possibilidade de votação de um documento, será debatido o tema “Casas da Palavra – Animação bíblica da vida e da pastoral nas comunidades eclesiais missionárias” e também diversos outros assuntos relacionados à atuação da Igreja Católica no Brasil. Ao se cadastrar, os credenciados entrarão na lista de e-mails para receber os comunicados e releases da Assembleia, bem como as informações de acesso para as entrevistas coletivas que ocorrerão durante o evento, sempre às 13h, por meio da plataforma Zoom.
Com Papa Francisco, aumenta o esforço para o protagonismo das mulheres na Igreja - “Que as mulheres sejam respeitadas e protegidas! Que lhes sejam dadas atenção e oportunidades!”, assim o Papa Francisco recordou nesta semana o Dia Internacional da Mulher com uma mensagem no Twitter, celebrado na segunda-feira, 8 de março. O Pontífice, aliás, tem feito a sua parte, dando oportunidades a várias mulheres de ocuparem postos estratégicos na Igreja. O Vatican News publicou entrevista com a Irmã Márian Ambrósio, recentemente nomeada consultora da Congregação para a Vida Consagrada. Nesta, ela trata, entre outros pontos, dos desafios, que não foram poucos, na sua trajetória, a ponto de pensar “que Deus brinca de peteca” com ela: “A gente joga a peteca para um lugar onde a pessoa tem dificuldade de pegar e eu aceito esta brincadeira de Deus”. Ir. Márian fala também do impulso do Papa Francisco para a inserção sempre mais numerosa de mulheres em cargos tradicionalmente ocupados por homens. Acesse e leia a entrevista na íntegra: https://bit.ly/2OjmoHU
Comentários CORRIGIR TEXTO