Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 25 de novembro de 2020.
Dia do Doador de Sangue.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 25 de novembro de 2020.

Alterada em 25/11 às 21h07min

'Seu nome era João'

Por Dom Jaime Spengler, arcebispo de Porto Alegre e primeiro vice-presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB)
Por Dom Jaime Spengler, arcebispo de Porto Alegre e primeiro vice-presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB)
“Seu nome era João...” (Jo 1,6). Esta expressão do Evangelho de João, faz referência a um personagem da história, que, há dois milênios, tombou vítima da perversidade de alguns.
Aquele João, o Batista, recorda o João, que, na última semana, em Porto Alegre, tombou vítima da selvageria de outros. Não se trata de analisar seu passado. Urge, sobretudo, ter presente sua condição de pessoa humana.
João, num final de tarde, dirigiu-se até um mercado para adquirir bens necessários para si e, talvez, para os seus. Naquela tarde aconteceu algo no interior do estabelecimento comercial, desencadeando a fúria de alguns, a indiferença de outros e a indignação de muitos.
Arrastado para o lado de fora daquele estabelecimento comercial, sofreu as consequências de violência desmesurada, sendo-lhe recusada a possibilidade de defesa e de respiro. João foi assassinado.
Quase que imediatamente – e não podia ser diferente! – teve início uma onda de protestos de distintos setores da sociedade, Brasil afora. Tenha-se ainda presente que algumas autoridades públicas, como amiúde recentemente tem ocorrido, relativizaram o ocorrido.
O fato trágico ocorrido, traz a marca da falta. Falta de humanidade, racionalidade, bom senso, respeito, dignidade, honra, ética, educação, o sentido do ‘nós’...
O sentido do “nós” aponta para diferenças, alteridade, pluralidade de pessoas e suas diferenças. “Nós” diz ainda o plural de nó, uma pluralidade de conflitos e tensões, que a todos desafia a respeitar e promover as singularidades em questão.
Acolher, respeitar e promover pessoas e suas diferenças demanda investigação e compreensão da natureza humana, com suas possibilidades e potencialidades. Lugar de destaque neste trabalho possui a educação. Ela é “um dos caminhos mais eficazes para humanizar o mundo e a história” (Papa Francisco).
Investir em educação, não só técnica tendo em vista o mercado, mas, sobretudo humanística é certamente um caminho privilegiado para que outros “João” não sejam vítimas da crueldade e do ensandecimento de expressões de uma sociedade adoecida, que um vírus ajudou a expor de forma surpreendente.
Missa pelos curados da Covid-19 - No dia 6 de dezembro, às 9h, será realizada “Missa em Ação de Graças Pelas Pessoas Curadas da COVID-19”. A celebração será na Igreja Nossa Senhora Aparecida (Praça Senador Alberto Pasqualini, 120, bairro Ipanema, em Porto Alegre, e presidida por Dom Leomar Brustolin, bispo auxiliar da Arquidiocese de Porto Alegre. A missa será transmitida pelo Facebook da Igreja de Ipanema: Facebook/AparecidaPorto Alegre.
Encontro de comunicadores católicos encerra nesta quinta (26) - O 5º Muticom (Mutirão de Comunicação) promovido pela CNBB Regional Sul 3, que iniciou no dia 29 de outubro, será encerrado nesta quinta-feira, 26 de novembro, com a celebração em Ação de Graças pelos comunicadores e comunicadoras. A Missa será presidida por Dom Carlos Rômulo, Bispo Diocesano de Montenegro e Referencial para a Comunicação no Regional Sul 3, e transmitida através das páginas no Facebook da CNBB Sul 3 e da Pascom RS, além do Facebook da Diocese de Montenegro. A celebração será às 20h, diretamente da Catedral São João Batista.
MENSAGEM AO POVO DE DEUS - A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) emitiu, como resultado da reunião realizada nesta quarta-feira, 25 de novembro, uma Mensagem ao povo brasileiro em tempo de pandemia. O documento foi referendado pelos mais de 200 bispos, num total de 297 pessoas, compreendendo assessores das comissões episcopais e representantes de pastorais e organismos vinculados à CNBB que participaram da reunião. A mensagem busca refletir sobre a presença e missão da Igreja na realidade brasileira e expressar uma mensagem de esperança e proximidade no contexto do novo Coronavírus. O documento destaca ainda que a Igreja no Brasil é impelida a perseverar na caridade, dando continuidade, nas paróquias, comunidades eclesiais missionárias e instituições religiosas de todo país, das redes de solidariedade em defesa da vida que se multiplicaram-se neste ano em razão da pandemia. Leia a nota na íntegra: https://bit.ly/3q0UwGv
Papa Francisco lança livro em dezembro - Em livro a ser lançado em dezembro deste ano, o Papa Francisco narra três situações “Covid: “a doença, a Alemanha e Córdoba. Abaixo um trecho do livro "Ritorniamo a sognare" (Voltemos a sonhar) escrito pelo Pontífice com o jornalista Austen Ivereigh. Quando eu tinha 21 anos contraí uma doença muito grave, tive minha primeira experiência de limitação, dor e solidão. Mudaram minhas coordenadas. Durante meses eu não sabia quem eu era, se iria morrer ou viver. Mesmo os médicos não sabiam se eu conseguiria sobreviver. Lembro-me de um dia ter pedido a minha mãe, abraçando-a, para me dizer se eu ia morrer. Eu estava no segundo ano do seminário diocesano em Buenos Aires. Na minha vida tive três situações "Covid": a doença, a Alemanha e Córdoba. Quer ler um pouco mais da obra, acesse: https://bit.ly/2KHrb3K
Comentários CORRIGIR TEXTO
Dom Jaime Spengler
Dom Jaime Spengler
A Arquidiocese de Porto Alegre renova sua tradicional coluna no Jornal do Comércio, antes intitulada "A Voz do Pastor", e passa a chamá-la "Olhar da Fé", com publicação exclusiva na versão online do veículo. Todas as quintas-feiras, Dom Jaime Spengler, arcebispo de Porto Alegre, ou um dos bispos auxiliares trarão a visão do sagrado sobre temas importantes para a sociedade.