Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 28 de julho de 2020.
Dia do Agricultor .

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 28 de julho de 2020.
05/06/2019 - 18h58min.
Alterada em 04/07 às 18h23min

A importância de Pentecostes

O Pentecostes é celebrado cinquenta dias depois da Páscoa. Essa festa cristã tem origem na liturgia dos judeus que celebravam a festa das colheitas. Era também chamada festa das semanas, pois ela acontecia sete semanas depois da Páscoa. Os judeus comemoravam neste dia a entrega da Lei a Moisés no Monte Sinai quando Deus fez uma Aliança com o Povo de Israel. Nessa data, muitos judeus que estavam espalhados pelo mundo iam a Jerusalém para visitar o templo.
O Pentecostes é celebrado cinquenta dias depois da Páscoa. Essa festa cristã tem origem na liturgia dos judeus que celebravam a festa das colheitas. Era também chamada festa das semanas, pois ela acontecia sete semanas depois da Páscoa. Os judeus comemoravam neste dia a entrega da Lei a Moisés no Monte Sinai quando Deus fez uma Aliança com o Povo de Israel. Nessa data, muitos judeus que estavam espalhados pelo mundo iam a Jerusalém para visitar o templo.
Para os cristãos, a festa recorda o dia em que povos diversos acolheram a mensagem de Cristo e se tornaram seus discípulos. São Lucas, ao escrever o livro de Atos dos Apóstolos, menciona a descida do Espírito Santo nesta data para expressar que o próprio Espírito passa a conduzir aqueles que aderiram aos ensinamentos de Cristo Ressuscitado. Com a narração de Pentecostes, Lucas indica que a Igreja, após a ascensão de Jesus, passa a ser conduzida pelo Espírito Santo. 
Após a vinda do Espírito Santo em Pentecostes, o livro dos Atos dos Apóstolos narra que seus discípulos ficaram repletos do Espírito e começaram a falar em outras línguas. Lucas vê nesse evento a restauração da unidade perdida em Babel, símbolo da missão universal dos apóstolos. O dom principal do Espírito é possibilitar que o Evangelho de Jesus seja compreendido por todos. Seu anúncio não fica restrito a um único povo, mas é destinado a todas as culturas, povos e línguas da Terra. O Espírito faz com que cada povo perceba que a Palavra de Deus é salvação e vida em plenitude.
Ordenação Episcopal
Será realizada neste sábado (8) a cerimônia de ordenação episcopal do Monsenhor Darley José Kummer, nomeado novo bispo auxiliar da Arquidiocese de Porto Alegre pelo Papa Francisco, em abril deste ano. A sua ordenação será realizada na paróquia São José (Rua Padre Fernando Steffen), no município de Roca Sales, às 10h. Monsenhor Darley era pároco da paróquia São Luiz Gonzaga, no Centro de Canoas, e Vigário Episcopal do Vicariato de Canoas (subdivisão da Arquidiocese de Porto Alegre).
Assembleia Regional
Encerra nesta sexta-feira (7) a Assembleia Regional da Ação Evangelizadora do Sul 3 da CNBB (seção da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil no Rio Grande do Sul), realizada no CECREI (Centro de Eventos Cristo Rei), em São Leopoldo. Durante uma semana bispos, provinciais das congregações religiosas, coordenadores de pastoral, vigários gerais e representantes das pastorais do Estado estiveram reunidos com o objetivo de celebrar, refletir, planejar e avaliar o que vem sendo realizado pela Igreja no Rio Grande do Sul.
Coleta de Pentecostes
Neste final de semana, nos dias 8 e 9 de junho, todas as comunidades católicas do mundo celebram a festa de Pentecostes, e aqui no RS todas as comunidades são convidadas a fazer a Coleta de Pentecostes, para dar continuidade à missão de Cristo. A Igreja do Rio Grande do Sul, por meio da Coleta de Pentecostes, ajuda a manter, há 25 anos, o Projeto Igreja Solidária – Missão Moçambique, com o envio e sustento dos missionários(as). Além disso, com estes recursos a Igreja também promove formações e encontros, e incentiva e colabora com projetos missionários na Amazônia.
Comentários CORRIGIR TEXTO