Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 01 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 01 de setembro de 2020.
Notícia da edição impressa de 01/09/2020.
Alterada em 01/09 às 03h00min

O melhor mês do vinho

O mês de julho é responsável por 26,13% de todo vinho fino vendido este ano no Brasil que chegou a 14,65 milhões de litros. É o melhor desempenho de 2020 nesta categoria, segundo dados oficiais da Uvibra, refletindo a comercialização do que é elaborado no RS. Muitos fatores vêm influenciando este aumento nas vendas, puxado pelos supermercados, uma vez que são os rótulos de entrada que registram o maior incremento. Vantagens diante das variações do câmbio, maior acessibilidade e distribuição, qualidade e bom preço, a chegada do inverno, além dos novos hábitos gerados em função da pandemia da Covid-19 que tem levado as pessoas a consumirem mais vinho em casa, até porque os restaurantes permaneceram fechados.

O mês de julho é responsável por 26,13% de todo vinho fino vendido este ano no Brasil que chegou a 14,65 milhões de litros. É o melhor desempenho de 2020 nesta categoria, segundo dados oficiais da Uvibra, refletindo a comercialização do que é elaborado no RS. Muitos fatores vêm influenciando este aumento nas vendas, puxado pelos supermercados, uma vez que são os rótulos de entrada que registram o maior incremento. Vantagens diante das variações do câmbio, maior acessibilidade e distribuição, qualidade e bom preço, a chegada do inverno, além dos novos hábitos gerados em função da pandemia da Covid-19 que tem levado as pessoas a consumirem mais vinho em casa, até porque os restaurantes permaneceram fechados.

Domínio de importados

Apesar da evolução nas vendas dos vinhos finos brasileiros, os importados ainda detêm 82% do mercado nacional. "O bom de tudo isso é que os brasileiros estão consumindo mais vinho. Mas ainda é cedo para comemorar. Nossa expectativa é que os consumidores sigam fazendo novas descobertas e com a abertura do turismo e dos restaurantes possamos avançar" comentou a propósito o presidente da Uvibra, Deunir Argenta.

Construção de hospital

Em plena pandemia do Covid-19, a Construtora Tedesco foi contratada pela Unimed Concórdia para a construção de um hospital na cidade do Oeste catarinense no prazo de apenas 16 meses envolvendo obras civis e instalações de uma edificação de 15 mil m², com oito pavimentos. A Tedesco, que integra o Grupo HTB, expande sua atuação no segmento de obras hospitalares para clientes do porte da Santa Casa de Porto Alegre, Hospital Moinhos de Vento e Pucrs, além da Unimed.

Aliar moda e conforto

Como aliar moda e conforto em calçados? A questão é levantada pelo consumidor na compra e que o Laboratório de Biomecânica do IBTeC do Vale do Sinos responde há quase vinte anos. E é tema às 18h desta quarta-feira no formato de life, transmitido pelo Facebook e Youtube do IBTeC, das debatedoras Andressa Favorito e Cláudia Narciso - que têm juntas mais de 63 mil seguidores nas redes sociais - sob a mediação do mestre em biodinâmica Eduardo Wüst.

De Gramado para EUA

A The Waffle King, o primeiro fast-food de waffle do Brasil e América Latina, que produz em Gramado o autêntico produto da Bélgica, o Waffle de Liége, está com projeto pronto para desembarcar em solo americano. A empresa já planeja a implantação de uma loja modelo nos Estados Unidos no próximo ano.

Carretas para entregas

Mercado Livre contratou nesta semana 60 carretas para ajudar nas entregas de encomendas, à medida que o maior portal de comércio eletrônico da América Latina busca meios para dar vazão ao aumento expressivo das operações devido à pandemia do coronavírus e depender menos de terceiros.

Novo método de gestão de resíduos

A gaúcha Ecoer Soluções Ambientais acaba de lançar o Eco Selo, método para gestão integrada de resíduos em empresas, indústrias e cooperativas. A solução visa a transformar grandes geradores em pequenos, ou reduzir o custo da sua destinação. O trabalho é realizado conforme o Plano de Gerenciamento de Resíduo Seco (PGRS) para garantir a abrangência ambiental necessária aos clientes. Primeiro é feita uma vistoria no local para avaliar os resíduos gerados, depois a precificação e se iniciam os processos de gestão. Com sede em Santa Maria e filial em São Vicente do Sul, a Ecoer atende clientes de todo o RS, atuando com licenciamento ambiental, topografia, arquitetura e outros serviços voltados ao crescimento sustentável.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Affonso Ritter
Affonso Ritter
Informações sobre negócios corporativos, novas operações e investimentos realizados no Rio Grande do Sul estão na coluna Observador. Jornalista econômico há décadas, Affonso Ritter apresenta, diariamente, notícias e a agenda do ambiente empresarial gaúcho.