Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 27 de dezembro de 2018.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Affonso Ritter

Observador

Edição impressa de 27/12/2018. Alterada em 26/12 às 21h45min

A crise das livrarias

Já quase na despedida de 2018, estourou a crise em editoras e livrarias brasileiras, que vinha se gestando há mais tempo. Gigantes do setor, como as livrarias Saraiva e Cultura, confirmaram o fato. Quais as causas? O book advisor Eduardo Villela aponta algumas. Para começar, o hábito de leitura do brasileiro ainda está em construção. Além disso, o crescimento do desemprego levou as famílias a controlarem mais o dinheiro. Tanto que, segundo pesquisa da Fipe, a recessão na economia foi responsável pelo decréscimo de 21% no segmento editorial de 2006 a 2017, uma perda de R$ 1,4 bilhão. Por fim, o barateamento dos smartphones e o maior acesso da população a uma conexão web rápida e estável tomaram a maior parte do tempo dedicado à leitura de livros.
Banco 24Horas
O Banco 24Horas - autoatendimento externo dos bancos - acaba de chegar a Osório, onde o ATM multibanco já está funcionado na avenida Paraguassu, 400. Os clientes podem realizar saques, consultas de saldo e extrato, pagamentos de contas e outras transações, sem acréscimo de taxas. São mais de 40 bancos em um único caixa. No País, já funcionam mais de 23 mil caixas eletrônicos.
Feriados de 2019
Em 2019, os brasileiros terão nove feriados federais e quatro pontos facultativos - considerando a Quarta-Feira de Cinzas, que costuma ser ponto facultativo até as 14h. O levantamento foi feito pelo Poder360. A tradicional lista do Ministério do Planejamento, publicada em portaria no Diário Oficial da União, ainda não saiu.
O Réveillon do Rio
A virada do ano encontra o Rio de Janeiro um pouco melhor do que a anterior. Pelo menos a taxa média de ocupação da rede hoteleira para o Réveillon superou bastante os magros 51% registrados no Réveillon passado, atingindo 85%, segundo pesquisa do Sindicato dos Hotéis (SindHotéis Rio). A maior demanda foi registrada no Flamengo, com 91% de ocupação, seguida por Ipanema e Leblon, com 89%, e outros bairros da Zona Sul da capital.
Igualdade de gênero
A igualdade de gênero em locais de trabalho levará ainda mais de 200 anos para ser alcançada, segundo relatório do Fórum Econômico Mundial. Conforme o estudo, houve algumas melhorias na equiparação salarial neste ano sobre o anterior, mas que foram anuladas pelo declínio da representação das mulheres na política, acoplado a uma maior desigualdade no acesso aos serviços de saúde e educação.
Respeito ao consumidor
As iniciativas da Panvel voltadas a mais agilidade e qualidade para atender os clientes resultaram na conquista do prêmio Empresas que Mais Respeitam o Consumidor - categoria Farmácias, promovido pela revista Consumidor Moderno. O levantamento analisou mais de 500 marcas em 43 categorias, durante setembro e outubro deste ano.
Unicred com Samsung Pay
Os cooperados Unicred com cartão Mastercard e um smartphone ou smartwatch elegíveis Samsung podem usufruir do serviço do Samsung Pay, que permite realizar pagamentos sem precisar do cartão. Para autorizar as compras, é necessário validar o acesso por meio de senha (PIN) ou impressão digital. Os usuários dos Smartphones Galaxy Note 8, Galaxy Note 9, Galaxy S8, S8 , S9 e S9 podem ainda validar por meio do leitor de reconhecimento de íris, previamente registrada no aparelho. O serviço está disponível para todos os consumidores brasileiros que possuam um dos smartphones compatíveis com o serviço.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia