Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 08 de novembro de 2018.
Dia Mundial do Urbanismo.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Affonso Ritter

Observador

Edição impressa de 08/11/2018. Alterada em 07/11 às 22h44min

A automação no Brasil

Aproximadamente 80% dos produtos já são identificados no Brasil pelo código de barras, antecipou o presidente da Associação Brasileira de Automação - GS1 Brasil, o gaúcho João Carlos Oliveira, antes de presidir ontem à noite a solenidade da entrega do Prêmio Automação 2018 a 11 casos vencedores, realizada durante evento em São Paulo. Ele chamou a atenção de modo particular para o setor da saúde, onde acontece a automação em toda a cadeia, do varejo à indústria, muito especialmente também em função do controle de todos os equipamentos. Oliveira destacou ainda o varejo em geral e os supermercados em particular, que usam etiquetas inteligentes nos alimentos, para avisar a data de seu vencimento.
Pela radiofrequência
Já o uso da identificação pela radiofrequência é ainda muito tímido em todo o mundo. Em supermercados, só os caixas de algumas lojas isoladas já contabilizam os preços dos produtos sem retirá-los dos carrinhos de compras. Ela está mais presente no setor têxtil, por envolver produtos de maior valor agregado, com variados tamanhos e cores. Em São Paulo, já há uma loja, a Memove (com filial em Porto Alegre), que a utiliza em todos os seus produtos. E a Memphis dos EUA, mas por ora apenas no setor de calçados.
Doces Royal Trudel
A loja de doces Royal Trudel prepara a abertura de mais uma unidade no Rio Grande do Sul, com sua inauguração na manhã deste sábado no Passo Fundo Shopping. Com essa nova operação, chega a 10 o total de pontos de venda dos produtos da empresa, que projeta um faturamento de R$ 6 milhões ainda para 2018.
Casas Bahia em Torres
A Casas Bahia abre amanhã no Centro de Torres uma filial de seu novo formato de lojas físicas, chamado de Smart com maior integração dos ambientes on-line e físico. Ou seja, ela garante acesso ao catálogo de outros produtos que não estão em exposição, bem como de todos os itens próprios comercializados no site. A primeira neste formato no Brasil foi inaugurada em novembro de 2017 em Canoas.
Estufa de secagem de madeira
A Madeze e Marosol, empresas do Grupo RND, instalaram em sua nova unidade no município de Montenegro a primeira estufa de ar quente para tratamento de madeira de Pinus e Eucalipto, através da movimentação do calor por ventilação. A estufa também se utiliza do sistema de pulverização de água ou névoa que ajudam a tratar a madeira conferindo maior qualidade ao produto final. A capacidade instalada da estufa é de 1.000 metros quadrados de madeira serrada por mês. Por isso, muitos dos produtores da região poderão lançar mão deste recurso para secar sua produção. No Rio Grande do Sul, há aproximadamente 800 mil hectares cultivados com florestas plantadas (17% de pinus e 8% eucalipto).
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia