Porto Alegre, sexta-feira, 28 de maio de 2021.
Dia da Saúde.
Porto Alegre,
sexta-feira, 28 de maio de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Mercado Digital

- Publicada em 19h15min, 27/05/2021. Atualizada em 16h09min, 28/05/2021.

Por mais mulheres empreendedoras: Tecnopuc e BRDE lançam Women on the Road

Leany Lemos, do BRDE, destaca que é necessário construir um futuro com maior equidade

Leany Lemos, do BRDE, destaca que é necessário construir um futuro com maior equidade


ITAMAR AGUIAR/PALÁCIO PIRATINI/JC
Apenas 9,8% das startups são fundadas ou cofundadas por mulheres, e muitos destes negócios não ultrapassam o estágio inicial por encontrarem dificuldades no processo de validação. Os dados são do Female Founders Report, estudo feito pela Distrito em 2021. Para tentar mudar esse cenário, o Parque Científico e Tecnológico da PUCRS (Tecnopuc), junto com o apoio do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), estão lançando o programa Women on the Road.
Apenas 9,8% das startups são fundadas ou cofundadas por mulheres, e muitos destes negócios não ultrapassam o estágio inicial por encontrarem dificuldades no processo de validação. Os dados são do Female Founders Report, estudo feito pela Distrito em 2021. Para tentar mudar esse cenário, o Parque Científico e Tecnológico da PUCRS (Tecnopuc), junto com o apoio do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), estão lançando o programa Women on the Road.
O objetivo é sensibilizar futuras empreendedoras e promover o desenvolvimento de startups em estágio inicial, fundadas ou cofundadas por mulheres, provocando conexões que gerem oportunidades de negócio entre empreendedoras do ecossistema. O programa ocorrerá no segundo semestre de 2021.
A diretora-presidente do BRDE, Leany Lemos, comenta que, fomentar o empreendedorismo das mulheres, em especial no segmento da inovação, é fundamental para a construção de um futuro com maior equidade em termos de oportunidades e de geração de renda no Rio Grande do Sul.
“Um banco que olha para o futuro, que deseja inovar e promover o desenvolvimento econômico sustentável econômico, tem que estar atento para essas temáticas, como a de darmos espaço para todos os talentos. Negócios são feitos com conexões, e ainda falta uma rede para as mulheres conseguirem criar as suas empresas e avançarem neste mercado”, destaca.
E a gestora está otimista com o resultado do Women on the Road. “Quem sabe, em um segundo momento, a gente até mesmo pode acabar investindo nestas startups que surgirem do programa e conseguirem crescer”, considera.
Leany observa que a parceria com a Tecnopuc tem os mesmos objetivos de outros programas já liderados pelo BRDE para ampliar a oferta de crédito para empresas lideradas por mulheres e, ao mesmo tempo, apoiar projetos inovadores. É o caso do BRDE Empreendedoras do Sul, lançado em março, com o objetivo de apoiar empresas que tenham mulheres no comando ou produtoras rurais a gerarem novas oportunidades e, assim, reduzir as desigualdades nos três estados do Sul onde o banco opera.
A gestora de Operações e Empreendedorismo do Tecnopuc, Flávia Fiorin, destaca a parceria. “Temos o compromisso com a formação e com a conexão de mulheres empreendedoras. Estamos muito felizes em contar com o BRDE para impactar a trajetória profissional de muitas mulheres”, diz.
Ela também cita algumas outras ações recentes do parque nessa direção, como o Women in Tech, em parceria com a HP, e o Conexão Rio-POA [Delas], em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). “É um movimento que busca auxiliar na transformação do dado que revela o baixo número de startups lideradas por mulheres. Queremos mudar isso através da ação, da conexão e da formação”, aponta Flavia.
O Women on the Road será dividido em três momentos. O awareness preve a realização de ações de sensibilização para a comunidade Pucrs e para a sociedade, através de talks e workshops com executivas e empreendedoras do ecossistema.
O Women warm-up envolve oito semanas para imersão no ecossistema do Tecnopuc. Nesse período, serão oferecidos workshops exclusivos e mentorias de empreendedora para empreendedora para oito startups fundadas ou cofundadas majoritariamente por mulheres de diferentes localidades e diferentes mercados.
Já no Women on the road, as três startups que se destacarem no warm-up terão acesso direto ao programa de desenvolvimento do Tecnopuc para validação do modelo de negócio. As demais startups selecionadas para o warm-up serão beneficiadas com 75% de desconto no programa.
Para participar, as equipes devem ser formadas por, no mínimo, duas empreendedoras. A solução inovadora proposta deve ter base tecnológica. As interessadas podem enviar um e-mail para [email protected]
Comentários CORRIGIR TEXTO