Porto Alegre, terça-feira, 29 de dezembro de 2020.
Dia Internacional da Biodiversidade.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 29 de dezembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Mercado Digital

- Publicada em 15h34min, 28/12/2020. Atualizada em 15h09min, 29/12/2020.

Sebrae-RS elenca 15 startups gaúchas para ficar de olho em 2021

Débora comenta que cases de sucesso no Estado estão inspirando novas empresas

Débora comenta que cases de sucesso no Estado estão inspirando novas empresas


MARCO QUINTANA/JC
Terceiro estado do Brasil em número de startups, são 940 de acordo com a base de dados da Associação Brasileira de Startups (ABStartups), o Rio Grande do Sul avança no cenário nacional. Um resultado que está intimamente ligado pelo crescimento das iniciativas de apoio ao desenvolvimento destes empreendedores, mais investidores dispostos a aportar capital de risco, ambientes de inovação bastante ativos e ampliação dos programas de conexões entre grandes corporações e startups.
Terceiro estado do Brasil em número de startups, são 940 de acordo com a base de dados da Associação Brasileira de Startups (ABStartups), o Rio Grande do Sul avança no cenário nacional. Um resultado que está intimamente ligado pelo crescimento das iniciativas de apoio ao desenvolvimento destes empreendedores, mais investidores dispostos a aportar capital de risco, ambientes de inovação bastante ativos e ampliação dos programas de conexões entre grandes corporações e startups.
“Em 2020, apesar da pandemia da Covid-19, o ecossistema de inovação gaúcho amadureceu, e trouxe mais cases reais de startups de sucesso como Warren, Aegro, Triider, Saipos, Captable, Egalitê e James Tip, entre outras. Um movimento que está inspirando outros empreendedores a desenvolverem novos modelos de negócios inovadores”, avalia a coordenadora Estadual de Startups do Sebrae-RS, Débora Chagas.
Como tradicionalmente acontece, a instituição preparou uma lista de 15 startups gaúchas que se destacaram em 2020 e que prometem um grande crescimento em 2021. Confira:
Alloy: ajuda empresas do varejo a construir seu próprio canal de vendas on-line e conhecerem mais profundamente seu público através de um sistema próprio de CRM. A startup fechará o ano com 100% de crescimento. O objetivo para 2021 é atender mais de 1 mil empresas, com mais de um milhão de pessoas efetivamente cadastradas em suas plataformas.
Umbler: plataforma que liga empresas que querem ter sucesso na internet com agências digitais que sabem fazer isso. A Umbler conta com mais de 290 mil usuários na plataforma, teve um crescimento anual de 52% na sua base de clientes e está entre as maiores plataformas do Brasil.
Anota Aí: Única plataforma de atendente virtual com inteligência artificial no Brasil. Um robozinho consegue responder as principais dúvidas dos clientes e ainda fechar um pedido e imprimi-lo. Em 2020 a startup cresceu 10 vezes o número de clientes e já é a maior plataforma de pedidos para delivery do Brasil.
Cozinhe.me: foodtech que utiliza tecnologia e inovação em uma nova jornada para quem quer cozinhar. A empresa lançará em 2021 o Clube de Cozinha, no qual os assinantes receberão mensalmente um kit contendo os segredos das melhores receitas dos restaurantes parceiros. Recentemente, foi acelerada pelo principal programa de aceleração do mundo na área de gastronomia realizado pela incubadora Startup Lisboa e foi selecionada pelo programa Techfuturo.
Digifarmz: plataforma digital formada por algoritmos e uma base de dados de mais de 16 anos de pesquisas, que combinados com informações de climas e satélites, consideram a realidade de cada fazenda e talhão, apresentando recomendações inteligentes. A startup está fechando uma rodada de investimento e a previsão é faturar cinco vezes mais em 2021.
Gáutica: plataforma SaaS especialista em normas de conformidade técnica, como a NR-12. O foco é aumentar a segurança no ambiente de trabalho. Está presente em todos os estados do Brasil, com 3 mil usuários, 50 mil máquinas analisadas e 167 mil riscos identificados.
Growdev: nasceu com o propósito de acelerar a entrada de pessoas desenvolvedoras de software no mercado, mudando a vida destas e de organizações. Com um ano completado em 2020, a Growdev inovou no Rio Grande do Sul trazendo o Income Share Agreement (ISA) para o Estado, modelo de inclusão onde o aluno só começa a pagar pela formação quando estiver trabalhando e recebendo uma determinada renda. Tem planos de ampliar sua operação para os estados de Santa Catarina e Paraná em 2021.
Moderniza: empresa de ERP especializada em varejo omnichannel. Comercializa suas soluções através de uma rede de mais de 100 revendedores e franquiados no Brasil A previsão é dobrar de tamanho em 2021.
One Percent: startup especializada no desenvolvimento de soluções em Blockchain, atuando em projetos customizados e oferecendo plataformas de Blockchain as a Service (BaaS).
Palma Sistemas: desenvolve soluções para hospitais usando recursos de Internet das Coisas. Um dos seus produtos é o IOTGel, um higienizador de mãos que identifica o usuário. Acabou o ano sendo uma das sete finalistas gaúchas do Capital Empreendedor, uma das 10 empresas brasileiras incubadas pelo Imperial College e a vencedora do BRDE Labs RS. A meta é terminar 2021 com 10 clientes do IOTGel e em cinco anos ter o produto presente em 5% dos hospitais brasileiros.
Pix Midia: fornece tecnologia SaaS para TV Corporativa, para empresas que buscam otimizar sua comunicação interna. Atende mais de 250 empresas, entre elas Unilever, Taurus, Engie, Unimed e Languiru. Em 2020, levantou uma rodada de R$ 1 milhão, trazendo três grandes fundos nacionais. A perspectiva é gerar 15 novos postos de trabalho em 2021 e iniciar o plano de atingir 1000 clientes em 24 meses.
Planne: oferece uma plataforma completa para que negócios de serviços e turismo possam vender online com segurança e flexibilidade através do seu próprio site. Em comparação ao início do ano, a Planne chega a dezembro com um volume transacionado mensal seis vezes maior. Foi escolhida em um dos programas de aceleração mais concorridos do País na aceleradora Wow, de Porto Alegre.
Regenera: a Regenera Moléculas do Mar é uma empresa de base tecnológica que oferece soluções sustentáveis em biotecnologia a partir da Amazônia Azul. Única empresa no mundo com uma coleção pioneira de micro-organismos marinhos legalmente disponível para bioprospecção e desenvolvimento tecnológico. Startup número 1 em Open Innovation na categoria Top Trends Biotech pelo segundo ano consecutivo junto ao Ranking 100 Open Startups. Em 2020, também recebeu o GROW+ Innovation Awards.
Serall: startup focada no desenvolvimento de vedações de borracha com tecnologia proprietária baseada em nanomateriais para desenvolver polímeros e atender as demandas da Industria 4.0. É uma das primeiras empresas do mundo a trabalhar no desenvolvimento de elastômeros com grafeno, material raro e que terá alto impacto na indústria por conta das suas propriedades revolucionárias.
Stargrid: solução de gestão de escalas de trabalho automática com uso de Inteligência Artificial. A solução possibilita a automação das escalas, a facilitação das trocas diárias, folgas e faltas se permitindo o dimensionamento baseado na demanda auxiliando no redimensionamento da força de trabalho entre os setores e equipes. A startup quadruplicou seu faturamento de 2019 para 2020 e a expectativa é melhorar essa taxa de crescimento ainda mais para 2021.
Comentários CORRIGIR TEXTO