Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 26 de fevereiro de 2019.
Dia do Comediante.

Jornal do Comércio

26/02/2019 - 17h28min.
Alterada em 26/02 às 17h29min
COMENTAR | CORRIGIR

InovAtiva busca startups e mentores no Estado

Iniciativa busca empresas com produtos e serviços inovadores

Iniciativa busca empresas com produtos e serviços inovadores


PAU BARRENA/AFP/JC
Um dos maiores programas de aceleração do Brasil, o InovAtiva, realizado pelo Ministério da Economia e Sebrae e executado pela Fundação Certi, está em busca de startups e de mentores do Rio Grande do Sul.
Para sensibilizar a comunidade de inovação gaúcha e apresentar o ciclo do primeiro semestre do programa – são dois por ano – acontece amanhã um talk show com a presença de nomes como André Ghignatti (Wow), Carlos Klein (Ventiur) e Cristiano Englert (Grow), aceleradoras de grande credibilidade do Brasil.
“Queremos levar o maior número possível de startups gaúchas para dentro do InovAtiva. É uma iniciativa muito interessante e que gera aproximação das empresas com mentores, investidores e potenciais clientes”, destaca o mentor do InovAtiva Brasil e líder da Anjos do Brasil no Rio Grande do Sul, Anderson Diehl.
As inscrições para o primeiro ciclo do InovAtiva Brasil vão até o dia 11 de março e podem ser feitas pelo site https://bit.ly/2GFRXFp. O resultado das empresas selecionadas será divulgado no dia 15 de abril. Serão 130 vagas, e não há restrições por estados. “O que vai fazer as startups terem chance de entrar é o nível de maturidade. Ao contrário do outro ano, em que o InovAtiva aceitava empresas em fase de Minimum Viable Product (MVP), a meta agora é colocar no programa operações com CNPJ, com faturamento e que já estejam expandindo sua base de usuários, mesmo que ainda não tenham tração financeira”, explica Diehl.
O evento de apresentação do projeto de aceleração será realizado no Flowork, das 19 às 20h30. Ainda restam algumas vagas para participar do evento desta quarta-feira. Basta acessar o link https://bit.ly/2ExByBE. A We Fix e a Whatsshare, duas startups que foram destaques entre mais de 1.250 inscritas nos dois ciclos de 2018 do programa, também estarão presentes. Os empreendedores irão compartilhar a experiência e mostrar os aprendizados gerados pelo programa para a obtenção de investimento durante o ciclo de aceleração.
São quatro meses de aceleração no InovAtiva, quando os empreendedores terão a oportunidade de interagir com investidores, executivos de grandes empresas, mentores e especialistas nos temas mais relevantes para sua startup. O programa oferece atividades on-line como mentorias coletivas e individuais, capacitações e eventos presenciais. Ao final, os empreendedores participam do Demoday InovAtiva, onde as startups têm a oportunidade de apresentar seus negócios para uma banca de investidores do País.
Entre 2013 e 2018, o programa já recebeu 10 mil projetos, treinou mais de 2 mil startups e acelerou 840. Mais de 30 mil empreendedores foram impactados pela iniciativa.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia

Patrícia Knebel

Ecossistemas de inovação, tendências globais para os negócios, marketing digital, as tecnologias que são os pilares da transformação digital (como mobilidade, Internet das Coisas e Big Data) e todas as novidades que impactam o comportamento dos consumidores e o futuro das empresas e das cidades estão na coluna Mercado Digital. Estou feliz por você estar aqui.