Porto Alegre, sexta-feira, 10 de julho de 2020.
Dia da Pizza.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 10 de julho de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR
12/12/2018 - 21h16min. Alterada em 12/12 às 22h34min

Premiação a não rebeldia

Gaúcha foi premiada no Bootcamp Nacional e do Demoday InovAtiva 2018

Gaúcha foi premiada no Bootcamp Nacional e do Demoday InovAtiva 2018


INOVATIVA/DIVULGAÇAO/JC
A gaúcha WeFix, primeira plataforma do Brasil a conectar clientes a técnicos de smartphones, ficou entre as 12 startups destaque do InovAtiva Brasil, programa gratuito de aceleração para negócios inovadores do MDIC. A empresa foi uma das 82 a fazer o seu pitch para investidores que participaram essa semana, em São Paulo, do Bootcamp Nacional e do Demoday InovAtiva 2018. Anderson Diehl, mentor desde junho do sócio fundador da WeFix, Lucas Paniz, está acompanhando os passos da empresa de perto.
A gaúcha WeFix, primeira plataforma do Brasil a conectar clientes a técnicos de smartphones, ficou entre as 12 startups destaque do InovAtiva Brasil, programa gratuito de aceleração para negócios inovadores do MDIC. A empresa foi uma das 82 a fazer o seu pitch para investidores que participaram essa semana, em São Paulo, do Bootcamp Nacional e do Demoday InovAtiva 2018. Anderson Diehl, mentor desde junho do sócio fundador da WeFix, Lucas Paniz, está acompanhando os passos da empresa de perto.
"A WeFix é uma startup muito promissora. E muito disso se deve ao fato de que o Lucas tem a humildade para ouvir, aceitar feedback e discordar, claro, mas não sem antes refletir", diz. Segundo ele, isso é uma grande virtude, pois uma das maiores dificuldades dos investidores-anjo e das aceleradoras é se relacionar com a rebeldia de alguns jovens empreendedores.
"Muitos se acham autossuficientes, mas não tem as horas de voo necessárias para comandar essa aeronave chamada startup. Por isso, a participação dos mentores é tão essencial", acrescenta, orgulhoso do seu pupilo.
Comentários CORRIGIR TEXTO