Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 09 de novembro de 2018.
Dia do Hoteleiro.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Vinicius Ferlauto

Giro Rápido

Edição impressa de 09/11/2018. Alterada em 08/11 às 22h06min

Referência on-line

Líder nacional em classificados virtuais de veículos, a Webmotors está cada vez mais focada em outra área de negócio: a inteligência automotiva. Graças ao enorme volume de informações que circula em sua plataforma de internet, a empresa é capaz hoje de realizar e fornecer análises detalhadas do mercado automotivo, que descrevem o momento e cenários futuros. Dados tão valiosos que fazem das montadoras clientes frequentes da Webmotors. Com o desenvolvimento de novas ferramentas, a empresa também oferece aos seus anunciantes, principalmente lojistas, soluções que permitem uma gestão completa da presença on-line, acompanhando a mudança de comportamento do consumidor, que cada vez mais tem seu processo de compra ligado à internet. Já há, inclusive, comerciantes de veículos seminovos no Brasil que abandonaram as lojas físicas, com show room e vitrine, restringindo sua estrutura a escritórios comerciais, e mantendo seus carros em locais fechados, apenas para conferência final e entrega aos clientes. Com 23 anos de atuação, a Webmotors pertence 70% ao Santander e 30% à empresa australiana Carsales, especializada em plataformas virtuais de venda de veículos.
Salão aberto
O Salão do Automóvel abriu para o público quinta-feira, no São Paulo Expo, na capital paulista, com a expectativa de receber mais de 700 mil visitantes. A 30ª edição do evento reúne 29 montadoras e tem mais de 540 veículos em exposição. Entre as atrações especiais, destaque para o maior test drive de veículos elétricos já promovido no Brasil.
Transmilênio
A Scania fechou a maior venda de ônibus urbanos de sua história. A fabricante sueca fornecerá 481 ônibus para a renovação de frota do Transmilênio, sistema BRT de Bogotá, na Colômbia. Outra marca garantiu sua participação nesse processo de licitação, que envolve um total de 1.400 ônibus: a também sueca Volvo. A empresa entregará 700 unidades, consumando seu maior negócio em BRT da década. Os veículos serão fabricados no Brasil e irão dobrar a produção na fábrica da Volvo em Curitiba (PR).
Cores preferidas
A PPG divulgou seus dados anuais de popularidade das cores automotivas. Segundo o estudo, os consumidores continuam preferindo as tonalidades mais discretas em seus automóveis. Quase 40% dos carros produzidos em 2018 foram de cor branca, seguidos pela preta, com 17%, e pela cinza, com 12%. Na América do Sul, a cor branca (38%) manteve-se na liderança, seguida da prata (30%), preta e cinza (ambas com 10%).
Negócios vultosos
A Volkswagen Caminhões e Ônibus venceu licitação para entrega de 500 micro-ônibus ao Ministério do Desenvolvimento Social. Os veículos poderão ser adquiridos por prefeituras de todo o País, além do Distrito Federal, no período de um ano. Já a Mercedes-Benz negociou 222 caminhões para renovação e ampliação de frota da Transpanorama, de Maringá (PR), uma das maiores empresas de transporte rodoviário de cargas do País.
Expectativas confirmadas
As vendas de veículos no Rio Grande do Sul, no acumulado de janeiro a outubro, confirmaram as expectativas de recuperação do mercado. De acordo com os dados apurados pelo Sincodiv/Fenabrave - RS, foram comercializadas 154.095 unidades nos 10 primeiros meses, considerando automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros, o que representa alta de 16,20% sobre o mesmo intervalo de 2017. Apenas em outubro último, foram faturados 18.962 veículos, crescimento de 24,59% na comparação com outubro de 2017.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia