Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 14 de agosto de 2020.
Dia do Controle de Poluição Industrial.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 14 de agosto de 2020.
Notícia da edição impressa de 14/08/2020.
Alterada em 14/08 às 18h58min

Culinária peruana no aeroporto

Um ótimo ceviche de frutos do mar - virou rotina

Um ótimo ceviche de frutos do mar - virou rotina


GABRIEL NOT/DIVULGAÇÃO/JC
Lembro-me da primeira vez, às vésperas do pleito que reelegeu a então presidente Dilma. Nosso voo desde a Flórida fazia conexão em Lima e, em todo o aeroporto, somente um restaurante tinha internet. Acampamos ali, pedi qualquer coisa e me inteirei das últimas pesquisas eleitorais, dos resultados do Brasileirão etc. Quando o tal pedido chegou, que bela surpresa: um ótimo ceviche de frutos do mar. Virou rotina, a cada vez que cumpríamos essa rota, degustar o ceviche do aeroporto, em bela porção, por US$ 18,00.
Lembro-me da primeira vez, às vésperas do pleito que reelegeu a então presidente Dilma. Nosso voo desde a Flórida fazia conexão em Lima e, em todo o aeroporto, somente um restaurante tinha internet. Acampamos ali, pedi qualquer coisa e me inteirei das últimas pesquisas eleitorais, dos resultados do Brasileirão etc. Quando o tal pedido chegou, que bela surpresa: um ótimo ceviche de frutos do mar. Virou rotina, a cada vez que cumpríamos essa rota, degustar o ceviche do aeroporto, em bela porção, por US$ 18,00.
Hoje, ilhados aqui em Porto Alegre, nos restaria pedir pelo delivery do Muju, que tem uma boa coleção no menu. Ou aproveitar a criativa receita a seguir, enviada pelo Chef Elzio Callefi, da Tramontina.
Ceviche de Salmão com Manga
Ingredientes (duas porções):
  • 500g de salmão fresco
  • suco de 1 limão siciliano
  • azeite
  • sal e pimenta do reino moída
  • gotas de Tabasco
  • 1 manga Palmier em cubos médios
  • 2 cebolas roxas em cubinhos
  • cebolinha picada
  • 1 colher (chá) de pimenta rosa em grãos
  • coentro
Modo de preparar:
  1. Fatiar o salmão em pequenos cubos, colocar em um bowl e temperar com metade do suco de limão, azeite, Tabasco, pimenta do reino e sal. Reservar em geladeira.
  2. Temperar manga com o suco de limão restante, cebolinha, cebola roxa e pimenta rosa.
  3. Levar ao bowl com o salmão reservado e misturar tudo.
  4. Finalizar com folhas de coentro e servir.

Delícias de domingo

prato do dia - foto 2
Fui premiado com seis exemplares dos Doces Pelotenses
CPM/DIVULGAÇÃO/JC
Como pai, não há do que me queixar: a data foi saborosamente comemorada aqui em casa, domingo passado. E minha participação limitou-se ao prato principal, que outro dia eu comento. Começamos com esses impecáveis bolinhos de bacalhau (acima, porção com 12, R$ 85,00), encomendados à Chef Tatiana Forster. Na foto aparecem apenas cinco porque antes de clicá-la fui devorando os outros.
Ela também opera como personal chef para grupos maiores - foi em um jantar entre amigas, no verão, que a Andréia conheceu o talento dela - e no seu catering oferece caprichados menus, para entrega ou retirada. Dois exemplos: Brie assado na massa filo, decorado com fava de mel, frutas e alecrim (um quilo! - R$ 180,00); mignon ao demi-glace, com mousseline de mandioquinha e farofa crocante (porção dupla, R$ 140,00). Mas é possível encomendar um roteiro exclusivo, exatamente como o leitor desejar. Consulte pelo whatsapp: (51) 9901-9198.
A sobremesa causou hesitação, estava difícil conseguir mil-folhas, então fui premiado com seis exemplares dos Doces Pelotenses - na foto, entre dois bem-casados, um bombom recheado com morango e a irresistível queijadinha que me tira do sério. Cada um custa R$ 6,00 em take away, mas se pagar 10 doces, leva 12. Rua Quintino Bocaiuva 345, tel. (51) 3222-4929 ou 99120-2014.

Três clássicos da coquetelaria

diageo - blood mary
Com uma colher bailarina, puxar os temperos do fundo para que se misturem ao suco e à vodca
DIAGEO/DIVULGAÇÃO/JC
Em algum evento, ou no bar de qualquer hotel de bom nível, provavelmente você já tomou um destes coquetéis. As receitas foram enviadas por Kennedy Nascimento, Brand Ambassador da Diageo e, com pequenas variações, são mundialmente conhecidas. Faça em casa!
Bloody Mary (foto)
Colocar gelo em um copo longo, mais 50 ml de vodca, 120 ml de suco de tomate e 5 ml de suco de limão Taiti. Acrescentar lances de molho de pimenta e de molho inglês, pitadas de sal e pimenta do reino. Com uma colher bailarina, puxar os temperos do fundo para que se misturem ao suco e à vodca. Enfeitar com um talo de salsão.
Old Fashioned
Diluir 5 ml de mel em 5 ml de água para obter um xarope. Colocar em copo baixo, adicionar 50 ml de uísque, duas gotas de Angostura, mexer com gelo por 30 segundos e decorar com casca de laranja.
Martini
Em uma taça com muito gelo colocar 50 ml de gim, 15 ml de vermute seco, uma gota de Angostura e mexer por 30 segundos. Servir em taça de Martini com azeitona ou casca de limão siciliano.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Carlos Pires de Miranda
Carlos Pires de Miranda
As novidades nas operações gastronômicas no Rio Grande do Sul, receitas exclusivas e dicas de lugares agradáveis para apreciar o melhor da culinária estão na coluna Gastronomia, publicada todas as sextas-feiras.